A Samsung está a pensar desistir do SoC Exynos no Galaxy S11


Por em

Caso não saiba, sempre existiu um debate acerca da diferença de performance entre os modelos Galaxy S e Galaxy Note com os SoC Exynos e Qualcomm Snapdragon.

É que apesar da Samsung ter as suas próprias linhas de produção e próprias gamas de processadores, sempre optou por equipar os seus smartphones topo de gama de acordo com o mercado em que estão inseridos… Ou seja, na Europa é tradição utilizar o SoC Exynos, enquanto no mercado Norte Americano é utilizado o SoC Qualcomm Snapdragon mais recente.

Pois bem, nas últimas semanas ficámos a saber que a Samsung quer acabar com o desenvolvimento de processadores Exynos, devido ao facto de não conseguir oferecer um produto realmente capaz de rivalizar com aquilo que a Qualcomm tem para oferecer! E pelos vistos, o Galaxy S11 vai ser a primeira grande aposta da Samsung no mais recente SoC Qualcomm, o Snapdragon 865!

O Galaxy S11 vai chegar à grande maioria dos mercado equipado com o Snapdragon 865 em vez do Exynos 990

S11

Portanto, historicamente, as versões Snapdragon têm estado limitadas aos Estados Unidos, China, Japão e mercado Latino Americanos. Assim, o resto do mundo recebia a versão com o SoC Exynos, onde temos de salientar a Coreia do Sul e todo o mercado Europeu. Contudo, é bem provável que esta estratégia termine com a chegada do Galaxy S11.

O grande rival da Snapdragon 865 no lado da Samsung é conhecido como Exynos 990! No entanto, parece que o mais recente Exynos não tem o estofo necessário para rivalizar com o SD865 da Qualcomm. Por isso, é quase inevitável que a Samsung tenha de cancelar os seus planos de produção do próprio SoC, para apostar naquilo que a sua parceira tem para oferecer.

Ainda assim, se por acaso é Europeu e estava a esfregar as mãos à espera do Snapdragon 865… Pode tirar o cavalinho da chuva! É que este mercado irá continuar a contar com a solução Exynos.



A diferença de performance entre o Exynos 990 e Snapdragon 865 é demasiado evidente!

De acordo com algumas fontes anónimas, a diferença de performance é demasiado alta entre os dois chips. O que não é grande novidade se leu as especificações. Afinal de contas, o chip da Qualcomm conta com núcleos ARM mais recentes (Cortex-A77), enquanto a Samsung optou por dois núcleos M5 e dois núcleos Cortex-A76.

Em suma, isto acaba por não ser grande novidade… Até porque nos últimos anos a Qualcomm tem sido quase sempre capaz de oferecer mais performance em relação ao que a Samsung oferece. Especialmente na eficiência energética e temperaturas máximas.

Aliás, não foi por acaso que a Samsung despediu toda a equipa de desenvolvimento de CPUs do seu centro de desenvolvimento de Austin. Foi tudo graças à concorrência da Qualcomm.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte

Leia também

Ou veja mais notícias de Android, Featured

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Será suficiente? Intel Core i9-10900K chega em Abril de 2020

Atualização 7.0.1 para a PlayStation 4 acabou de ser lançada!

Seguinte