A salvação da Huawei pode estar nos processadores Snapdragon!

Huawei, P40

Smartphones Huawei Snapdragon? – Como deve saber, a Huawei está neste momento entre a espada e a parede, tudo devido ao facto da administração liderada por Donald Trump ter retirado da equação uma das parceiras mais importantes da gigante Chinesa… A TSMC!

Ao fim ao cabo, a Huawei não aproveita as linhas de produção de 7nm e 5nm da TSMC apenas para os seus smartphones, a grande maioria do seu hardware utiliza chips daquelas linhas de produção.

No entanto, apesar de ainda não fazermos ideia de como a Huawei irá ‘salvar’ toda a sua operação. Parece que já existe alguém interessado em dar uma mãozinha na parte dos smartphones.



A salvação da Huawei pode estar nos processadores Snapdragon!

Portanto, parece que a Huawei já começou a explorar as opções que tem em cima da mesa, para conseguir manter (ou aumentar) o nível de performance dos seus aparelhos.

Ou seja, apesar da Huawei já ter acordos assinados com a SMIC, uma fabricante de semi-condutores sediada na China. A gigante responsável pelos smartphones Mate e ‘P’ quer ter um plano B. Ao fim ao cabo, a SMIC ainda não tem uma resposta à altura do processo de 7nm da TSMC. (Muito menos aos recentes 5nm que devem servir de base aos novos Kirin 1000)

Por isso, é possível que a Huawei opte por combater a proibição Norte Americana, ao comprar processadores produzidos por uma empresa Americana… A Qualcomm. Aliás, em boa verdade, isto até seria um casamento feito no céu, visto que apesar dos processadores Kirin serem muito competitivos, a realidade é que a Qualcomm lidera o mundo dos aparelhos Android com os processadores Snapdragon 865 e 865+.

Claro que isto terá de ter a aprovação do governo Norte Americano! Por isso, a Qualcomm já começou as negociações com a administração liderada por Trump. Ou seja, muito resumidamente, se tudo correr bem, a Huawei irá continuar a oferecer aparelhos de topo, e a Qualcomm vai ganhar um novo cliente de peso.

Curiosamente, desta forma, a Huawei irá continuar a contar com a tecnologia da TSMC, visto que a Qualcomm é uma das maiores clientes da fabricante de semi-condutores.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.



Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt