Huawei

Como deve saber, a Huawei está a passar um mau bocado. No entanto, a esperança da empresa e seus fãs ainda não morreu… Tudo isto apesar dos esforços de Donald Trump, que tem como grande objetivo enterrar o assunto, e a empresa.

Pois bem, caso não saiba, o presidente dos Estados Unidos não está com grande vontade de fazer concessões em relação à proibição sob a Huawei. Pelo menos foi esta a vontade com que ficámos após as últimas negociações entre os USA e a China. Contudo, a pressão em cima do presidente Norte Americano começa a aumentar exponencialmente, com o acordo temporário da Huawei prestes a terminar.

O acordo temporário entre os Estados Unidos e a China para a continuação da atividade da Huawei acaba dentro de 2 semanas

guerra comercial

A postura de Trump com a Huawei tem ficado ainda mais severa, como foi possível verificar nos últimos dias. Ainda assim, há uma gigante Europeia que não sei tem deixado levar pelo ‘Hype’. Estamos claro a falar da Alemanha, que rejeitou a proibição imposta pelo governo Norte Americano à gigante Huawei.

Enfim, neste caso não estamos a falar de smartphones, mas sim da infra-estrutura 5G que tanta importância tem para a União Europeia, e que tem de ser implementada muito rapidamente. Mas pelos vistos, apesar da muita importância da Huawei nesta corrida contra o tempo, muitos estados membros parecem querer seguir os conselhos dos Estados Unidos, ao remover completamente a gigante Chinesa da equação.



Portanto, a Alemanha vai “ignorar as preocupações do governo Norte Americano em relação à segurança da Huawei. O Estados Unidos temem espionagem, e vêem na empresa uma extensão ao Governo Chinês. No entanto, não existe qualquer prova para fundamentar estes medos.”

Em vez de proibir sem razões aparentes, a Alemanha vai optar por um regime de segurança rigoroso, para avaliar o equipamento 5G que irá fazer parte das infra-estruturas Europeias.

Apesar da decisão da Alemanha, existem algumas forças políticas contra esta estratégia

A decisão tomada por Berlim não foi 100% bem recebida por todos os políticos do país. Com alguns a dizer que é um erro integrar a Huawei nas redes 5G.

Mas como deve saber, a Chanceler Angela Merkel já tinha dado sinais da sua falta de vontade de proibir a empresa, no passado mês de Março. Dizendo que não faz qualquer sentido banir uma empresa, apenas tendo como base o seu país de origem.

Em suma, o grande medo de Donald Trump, é que o resto da União Europeia siga os passos da Alemanha. O que claro está, não é de todo o objetivo do governo Norte Americano.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.