A câmara do OnePlus 6T vale realmente a pena?

O DxOMark, conhecido pelas classificações que atribui ao desempenho das câmaras de muitos telemóveis, divulgou os resultados de uma análise completa ao OnePlus 6T. O 6T pode ter a mesma configuração de câmara que o OnePlus 6, mas o DxOMark afirma que as mudanças ao nível do software resultaram em melhorias em relação ao seu antecessor. Mas como se porta a câmara do OnePlus 6T?

Câmara do OnePlus 6T: Um dos sensores tem estabilização ótica de imagem

O OnePlus 6T possui câmaras traseiras duplas. Assim está presente um sensor de 16MP com abertura f/1.7 e um sensor de 20MP com abertura f / 1.7. O sensor principal tem estabilização ótica de imagem. No entanto, o sensor secundário não tem.

O DxOMark elogiou o OnePlus 6T pela sua ampla faixa dinâmica e pela preservação de cores em quase todas as condições. No entanto, o dispositivo não teve bom desempenho nas fotos com zoom.

No que diz respeito ao desempenho de vídeo, o OnePlus 6T saiu-se melhor do que o antecessor. Um total de 91 pontos contra os 87 do OP6. O DxOMark afirma que a pontuação geral deve ser maior, mas não lida tão bem com ruído com o OnePlus 6.

Uma especial atenção aos pormenores

A pontuação de fotografia do OnePlus 6T é 101 pontos. Captura bem os pormenores em áreas claras e escuras. O DxOMark afirma que a captura de pormenores está ao mesmo nível do iPhone XS e melhor que no Samsung Galaxy Note 9. Também captura melhores imagens em condições extremas de baixa luminosidade.

Onde o OnePlus 6T pontua mais baixo conforme referimos é nas fotos com zoom. A falta de uma lente telefoto afeta muito o nível de detalhes, como pode ser visto na imagem acima.

Os pontos fortes e os fracos também

O DxOMark deu ao OnePlus 6T uma pontuação geral de 98. As áreas mais fortes são a focagem automática, a exposição, flash e cor, mas o zoom e o bokeh são as áreas mais fracas. Ao nível do vídeo, a estabilização é um dos pontos fortes, mas não se sai muito bem quando se trata de texturas.

Se você estiver interessado em ler a análise completa pode fazê-lo aqui.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário