Inicio Android Xiaomi Mi Band 3 e Xiaomi Mi Max 3 chegam de mãos...

Xiaomi Mi Band 3 e Xiaomi Mi Max 3 chegam de mãos dadas a Taiwan

A Xiaomi revelou que a Mi Band 3 vai estar disponível para venda em Taiwan a 24 de agosto. A empresa já havia lançado o Mi 8, Redmi 6 e Mi A2 em Taiwan no final de julho, mas o Mi Band 3 não fez parte deste conjunto. Ao invés disso, a Mi Band 3 será lançada ao lado do Mi Max 3, que havia sido programado para ser lançado em 24 de agosto.

O Mi Band 3 foi lançado pela primeira vez na China a 31 de maio, juntamente com o Mi 8, Mi 8 SE e Mi 8 Explorer Edition. O dispositivo vem com algumas melhorias em relação ao antecessor.

Taiwan vai receber apenas a variante normal sem NFC, mas com outras funcionalidades úteis.

Juntamente com este equipamento o Xiaomi Mi Max 3 chega também a Taiwan.

O Xiaomi Mi Max 3 com as dimensões de 176,2 x 87,4 x 8 mm é um pouco maior e mais fino que o Mi Max 2 que tem dimensões de 174,1 x 88,7 x 7,6 mm. A dimensão é semelhante a um smartphone tradicional de 6,3 polegadas.

Ao reduzir a moldura superior em 4,7 mm e a inferior em 7 mm e ao estreitar o chassis em 1,3 mm, a Xiaomi conseguiu integrar uma enorme tela de 6,9 polegadas no Mi Max 3. Como o modelo anterior, o Mi Max 3 também apresenta um design unibody completo e seu perfil fino torna-o confortável para ser utilizado com uma só mão. As três variantes de cor do Mi Max 3 são Black Stone, Deep Sea Blue e Dream Gold.

O Xiaomi Mi Max 3 possui um enorme ecrã de 6,9 polegadas que disponibiliza uma proporção de 18: 9, juntamente com uma resolução FHD + de 2160 x 1080 pixéis. Segundo a Xiaomi, o Mi Max 3 tem uma proporção ecrã-corpo de 85,19%.

Em comparação com o Mi Max 2, a empresa aumentou o brilho do ecrã em 19% no Mi Max 3 e também oferece um contraste 50% maior. Em paralelo oferece 17 por cento mais gama de cores do que o Mi Max 2. Escusado será dizer que com tudo isto o ecrã oferece uma melhor experiência de visualização. O smartphone também suporta as funcionalidades de ecrã dividido e modo picture-in-picture.

O Mi Max 3 tem uma bateria de 5.500mAh, o que significa que possui 200mAh mais energia do que o modelo anterior. A bateria gigantesca torna possível utilizar o smartphone durante dois dias com uma única carga. Destaca-se ainda um mês em stand-by.

Além disso, o smartphone também inclui suporte para o Quick Charge 3.0, que permite obter 71 por cento de bateria, com uma hora de carregamento. A Xiaomi também incluiu a funcionalidade de carregamento inverso no Mi Max 3, através do qual ele pode ser usado para carregar outros dispositivos, como telefones, smartwatches, auscultadores Bluetooth, entre outros.

O novo Mi Max 3 chegou com um Snapdragon 636, que proporciona um desempenho 40% melhor do que o SD625. O chipset de 14nm consome menos energia e proporciona maior desempenho, especialmente nas capacidades multi-tarefa.

O modelo que vem com uma capacidade de armazenamento de 128 GB tem 6 GB de RAM, enquanto a variante de 64 GB tem 4 GB de RAM. Para melhorar a experiência de jogos, o Mi Max 3 suporta multi-threading multi-core e oferece funcionalidades interessantes como a aceleração com um único toque.

O Xiaomi Mi Max 3 possui câmara dupla de 12 megapixeis + 5 assistida por inteligência artificial . Graças a ela lidam melhor com condições de luz reduzida e conseguem detetar 206 tipos diferentes de cenas. Destaca-se ainda o reconhecimento de objetos e modo de retrato. Eis alguns exemplos:



A parte frontal do smartphone está equipada com uma câmara para selfies de 8 megapixeis, juntamente com um flash LED dedicado. Utilizando a inteligência artificial a câmara para selfies consegue criar o efeito bokeh.

O novo Mi Max 3 vem equipado com alti-falantes duplos para uma saída de som estéreo quando vê filmes ou joga. Destaca-se ainda o Android 8.1 Oreo e a mais recente versão do MIUI, que inclui assistente de voz.

Para além do sensor de impressões digitais montado na parte traseira, o Mi Max 3 também oferece suporte para desbloqueio facial através da câmara frontal. Outras características dão conta de um slot microSD, 4G VoLTE, suporte para dual-SIM, Wi-Fi 802.11ac, Bluetooth 5.0, GPS, USB-C e saída de áudio de 3,5 mm.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

1 COMENTÁRIO

Leia também

COVID-19: é perigoso receber encomendas vindas da China?

Passado tantos meses depois do início da pandemia, o mundo continua a estar alerta com as devastadoras e fatais consequências do famoso coronavírus! Afinal...

Google Fotos acaba de receber uma grande novidade no Android!

O Google Fotos é uma aplicação imprescindível em qualquer smartphone. É que graças a ela nunca perdemos qualquer fotografia ou vídeo. Fica tudo armazenado...

Samsung Galaxy A42 5G: renderizações estão na Internet!

A Samsung está a apostar forte nos smartphones 5G. Especialmente no campo da gama média. O primeiro passo foi dado com o Galaxy A51...

NVIDIA resolveu o problema das RTX 30! (Mas baixou as frequências)

Como deve saber, o (reduzido) stock de placas RTX 3080 está a dar problemas a quem fez tudo por tudo para conseguir meter as...

(Especial) A LG ‘estranha’ está de volta! E ainda bem!

Quando estamos inseridos numa indústria como a tecnológica, nomeadamente a de smartphones, começa a ser um pouco aborrecido ver aparelhos que são no fundo...