Adeus Samsung e iPhone! Eis o smartphone da Coreia do Norte

Os smartphones estão em todo o lado. Até na Coreia do Norte onde o adorado líder Kim Jong-Un tem assistido ao lançamento de alguns equipamentos únicos. Entretanto há uma coisa muito interessante! São talvez dos mais seguros do mundo e já explicamos porquê. Para além disso vêm com vários jogos e não espiam ninguém. Vamos então olhar para o smartphone da Coreia do Norte.

Adeus Samsung e iPhone! Eis o smartphone da Coreia do Norte

Na Coreia do Norte não há iPhones, nem smartphones da Samsung. O que existem são os smartphones proprietários desse país. Curiosamente chamam-se touch phones.

O primeiro modelo doméstico chama-se Arirang 171 e foi elogiado por Kim Jong-Un pelos pixéis e a tecnologia avançada.

De acordo com um programador de software dinamarquês que deitou a mão a um dos equipamentos em 2018, o Arirang vem com Bluetooth, conetividade 3G, câmara e um slot MicroSD.

No entanto não tem Internet nem WiFi. Ainda assim para compensar estão disponíveis vários jogos.

smartphone coreia

Na altura estavam presentes cinco versões diferentes do clássico jogo Angry Birds, bem como o Super Mario e o Plants VS Zombies.

Entretanto há outro aspeto interessante. Embora seja um smartphone Android genérico tem um software especial instalado. Dito isto, não é possível fazer muitas coisas em termos de conetividade.

É possível estabelecer uma ligação com um computador via Bluetooth, mas não partilhar qualquer informação.

Entretanto quando se insere um cartão SIM estranho o smartphone desliga-se.

Mas há um brinde que vem com o smartphone. Um vídeo de propaganda com 500MB que ocupa cerca de 25% da capacidade disponível. Ou seja, são 2GB.

Desde o lançamento deste equipamento chegaram outros com melhores funções. Reconhecimento facial, melhores câmaras e até funções de realidade aumentada. Entretanto têm um furo no ecrã em vez de uma monocelha. Têm também um sistema de troca de mensagens encriptadas, mas que afinal não o são. É apenas um bloqueio por código que dá uma falta sensação de segurança. Uma coisa é certa. As mensagens que trocar podem ser vistas por outras pessoas ligadas aos responsáveis da Coreia de Norte.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.