Samsung afasta diferenças entre Snapdragon 865 e o Exynos 990

Recentemente publicámos na Leak um artigo que dava conta de um abaixo-assinado para impedir a Samsung de utilizar chipsets Exynos nos seus topos-de-gama. Isto porque muitos utilizadores consideram que pagam o mesmo que os americanos, mas recebem um equipamento mais lento. Ora a Samsung respondeu oficialmente a esta questão. Resumidamente e de acordo com a gigante coreana, o Galaxy S20 tem exatamente o mesmo desempenho, quer seja com um chipset Snapdragon 865 ou com um Exynos 990. Isto numa utilização diária.

Samsung afasta diferenças entre Snapdragon 865 e o Exynos 990

A Samsung é a única empresa no campo dos smartphones que lança topos-de-gama com processadores diferentes. É verdade que tem as capacidades de produção para desenvolver chipsets e tudo o resto. No entanto, o Exynos 990 que está no Galaxy S20 não tem tão boa fama quanto o Qualcomm Snapdragon 865 .

snapdragon

No entanto, a Samsung quer limpar esta imagem e contactou o conhecido site Sammobile para garantir que os dois chipsets têm um desempenho semelhante.

Eles afirmam que ambos passam pelos mesmos testes e garantem um elevado desempenho durante o ciclo de vida do equipamento.

Resumidamente, para a Samsung, o Exynos 990 e o Snapdragon 865 são iguais e não têm qualquer diferença entre eles.

Ainda assim, duvido que seja realmente como é afirmado e explico já o porquê. Graças a este vídeo é possível vermos uma comparação ao nível dos jogos entre o Samsung Galaxy S10+ com chipset Snapdragon 855 e o Samsung Galaxy S20+ com Exynos 990. Ora considerando que o do S10+ é mais antigo e o outro é mais novo, o resultado não devia surpreender. A questão é que surpreende, já que o modelo da Qualcomm é mais rápido que o processador da família Exynos.

A polémica está para durar. Ainda assim, uma coisa é certa. Olhando para o vídeo cujo link disponibilizei acima e para os comentários de tantos utilizadores tem haver um fundo de verdade em tudo o que é dito.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário