Qual é o plano da Samsung para os seus dobráveis?

Há alguns dias atrás, falei um pouco sobre a minha experiência com os novos dobráveis da Samsung, o Z Flip4 e claro, o Z Fold4, deixando um testemunho extremamente positivo para ambos os aparelhos, algo que verdadeiramente não estava à espera depois de os ter ido ver, antes do lançamento oficial, num local secreto algures em Lisboa.

Afinal de contas, comparativamente ao ano passado, as mudanças são quase invisíveis a olho nu! Com a Samsung obviamente mais preocupada com os componentes internos, em vez de revolucionar o designs da sua nova geração dobrável.

- Advertisement -

Algo incrível, porque apesar do seu domínio neste mundo, a verdade é que já existem outras fabricantes a apostar em aparelhos dobráveis, com algumas vantagens no campo do design, especialmente na dobra do ecrã OLED, como é o caso da Xiaomi com o Mix Fold 2, e da Oppo com o Find N.

Mas, nesta altura do campeonato em que as rivais começam a mostrar aquilo de que são capazes, é obviamente importante perceber qual é o plano a médio/longo prazo da Samsung para o mundo dos smartphones. Vamos a isso?

Qual é o plano da Samsung para os seus dobráveis?

Z Fold 2, fold, Samsung baterias chinesas

Portanto, caso não saiba, o ano de 2022 pode ser o ano revelação para o ecrã dobrável no mundo da tecnologia. Afinal de contas, a Samsung parece já estar muito confortável na produção deste tipo de ecrã OLED, e como podemos ver pela IFA, e alguns anúncios antes da feira, já temos várias fabricantes de referência a apostar neste tipo de design, até fora do mundo dos smartphones. (Como é o caso da ASUS!)

Dito isto, agora que a palavra dobrável parece finalmente trazer alguma confiança para cima da mesa, eis que temos alguns comentários de um dos responsáveis máximos da Samsung, Dr. Choi.

Qual é o plano da Samsung?

Curiosamente, o plano da Samsung passa por tentar repetir a estratégia bem sucedida do Galaxy Note. Ou seja, voltar a tentar introduzir ecrãs de grandes dimensões, e de qualidade inegável, para reformular como tudo funciona no mundo mobile.

Caso não se lembre, o primeiro Galaxy Note é o principal responsável pela moda dos smartphones gigantes. No entanto, enquanto na altura do Note, apenas foi necessário pegar numa receita de sucesso, e levá-la um pouco mais além, com os Z Fold e Z Flip, existem outros desafios associados.

A gama Note resultou naquele que é agora um dos aparelhos mais bem sucedidos do mundo Android, o S22 Ultra

Entretanto, a Samsung tem estado super focada na durabilidade, na resistência à água, à praticabilidade da dobradiça, no tamanho do ecrã e seu nível de usabilidade/imersão, e claro, possibilidade de trazer suporte à sempre útil S-Pen.

Dentro de todos estes temas, temos ainda o problema da “rugosidade” da dobra, que está a desaparecer em vários aparelhos! Como é o caso do Oppo Find N, que infelizmente não foi lançado na Europa. É um detalhe ainda muito aparente nos aparelhos Samsung.

Caso não saiba, a marca da dobra ainda aparece, e na verdade, os Galaxy Z ainda não fecham a 100%, devido à aposta da Samsung na durabilidade dos seus aparelhos dobráveis. Mais concretamente, devido à atual implementação da camada de vidro super fina UTG.

P50 Pocket completamente fechado, vs Galaxy Z Flip

Assim, para ter ideia do desenvolvimento, esta micro camada de vidro dobrável demorou anos a ser desenvolvida! Aliás, esta tecnologia não fez parte dos primeiros dobráveis da empresa, porque nem a Samsung tinha a certeza do seu nível de usabilidade.

Em suma, a marca da dobra é agora um resultado de uma equilíbrio muito frágil entre a resistência/durabilidade, e o aspeto final do produto. É algo que a Samsung quer resolver nos próximos tempos, sendo exatamente por isso, que existem duas equipas de desenvolvimento a explorar duas soluções diferentes.

Uma delas passa pelo tamanho da curvatura do vidro, com a possibilidade de a aumentar, para tornar a marca menos visível. Enquanto outra passa pelo uso de materiais diferentes, e inovadores, que respondam de maneiras diferentes à sempre tão importante dobra.

O desafio dobrável está terminado? Nem por sombras!

flip4, flip, samsung

Segundo a Samsung, o desenvolvimento de aparelhos dobráveis está apenas no início. A equipa responsável pelo design destes aparelhos já provou ser capaz de resolver vários problemas, com soluções extremamente fora da caixa. Contudo, o desafio está longe de estar terminado.

A Samsung quer dominar este mercado, e por isso mesmo, numa altura em que os utilizadores parecem estar mais receptivos à tecnologia, é de esperar um autêntico all-in da gigante Sul Coreana neste tipo de aparelho.

Por isso, não me admiraria nada de ver um novo modelo dobrável nas gamas mais baixas da Samsung, para levar este tipo de aparelho aos consumidores menos endinheirados, bem como um extenso redesign dos dois modelos de referência, o Z Fold e o Z Flip.

A corrida a sério começa agora!

Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Entusiasmado com os dobráveis, ou ainda não está convencido? Partilhe connosco a sua opinião na caixa de comentários em baixo.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, fui sempre aquele membro da família que servia como técnico ou reparador de tudo e alguma coisa (de borla). Agora tenho acesso a tudo o que é novo e incrível neste mundo 'tech'. Valeu a pena!

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.