Nokia C1: um regresso ao passado que custa 60 Euros

A gama Nokia C era muito popular nos tempos em que este fabricante ainda era temido. Não quer dizer que não esteja a ganhar importância, graças ao trabalho que tem sido feito pela HMD Global. No entanto, está longe dos tempos de glória. Ora talvez para apelar ao revivalismo do passado, o Nokia C1 está a chegar, para já a um número limitado de mercados.

Nokia C1: um regresso ao passado que custa 60 Euros

No que diz respeito ao design, o novo equipamento é muito semelhante ao Nokia 1 Plus que também é um entrada-de gama com Android Go. No entanto, existem algumas diferenças.

Nokia C1

O Nokia C1 tem um buraco para o altifalante na parte traseira, como acontece com o Nokia 1 Plus. No entanto, este espaço está no lado esquerdo, em vez de ser no direito. Entretanto, o Nokia C1 tem um LED na parte frontal para a câmera destinada às selfies. O outro não. Para além destas duas diferenças e da cor, o resto é muito semelhante.

No que diz respeito a especificações, o Nokia C1 tem um ecrã IPS FWVGA+ com 5.45 polegadas. Para além disso temos uma câmera traseira com 5 megapixéis e abertura f/2.4 e outra frontal também com 5.

Ao nível do interior temos 1GB de memória e 16GB de armazenamento. O processador quad-core com 1.3GHz não foi revelado.

Destaca-se ainda um botão dedicado ao assistente da Google no lado esquerdo do smartphone. Outros pormenores dão conta de uma porta MicroUSB, suporte para Dual Sim, saída para áudio de 3.5mm, rádio FM, Bluetooth 4.2 e um slot para cartões MicroSD até um máximo de 64GB. Destaca-se ainda o suporte para GPS e WiFi 2.4GHz.

Ao nível da conetividade não espere grandes velocidades, uma vez que não está presente o suporte para 4G. Assim, temos apenas o 3G. Isto não faz grande diferença, uma vez que se destina a quem procura mais um feature phone como era o primeiro.

A HMD Global equipou o Nokia C1 com o Android 9 Pie Go Edition e inclui aplicações com o YouTube Go e Gallery Go. Com um preço de 60 Euros nada se sabe acerca da disponibilidade noutros mercados.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário