Intel já avisou que não vai desistir dos 10nm para apostar nos 7nm


Por em

Os 10nm da Intel devem ter um espaço reservado no inferno, depois de tudo aquilo que fizeram à gigante dos processadores. Ainda assim, a gigante Norte Americana continua a apostar no processo, mesmo após vários rumores e ‘leaks’ a mencionar um cancelamento de componentes desktop baseados nos 10nm.

Intel: Não vamos desistir dos 10nm! Há muita coisa boa a aproveitar 

Intel

Portanto, o processo de 10nm é o grande culpado pelo sucesso atual da AMD. É que apesar de pessoalmente adorar ver uma AMD forte e capaz de oferecer concorrência a sério. A verdade é que se por acaso as coisas têm corrido bem à Intel, é provável que o domínio da gigante azul foi exatamente o mesmo. Enquanto a AMD continuaria a oferecer produtos focados no desempenho/preço.



Dito tudo isto, parece que os 10nm vão mesmo chegar em 2020, primeiramente para o mundo dos servidores, e posteriormente com produtos desktop na forma de CPUs e GPUs. Exatamente na mesma altura em que a AMD já vai estar nos 7nm EUV, pronta a saltar para os 5nm.

O que levanta uma questão… Porque não saltar os 10nm para ir diretamente para os 7nm?

7nm

Eis o que a Intel teve a dizer acerca desta questão:

“É no fundo um cenário que há muita coisa boa que podemos levar dos 10nm para os 7nm. E na verdade, já chegámos a um ponto em que conseguimos resolver os problemas fundamentais no processo. Por isso, já começámos a produção em massa de produtos baseados nesta tecnologia.

Apesar de termos adiado os 10nm uma série de anos, conseguimos finalmente chegar onde queríamos em termos de performance e eficiência energética!

Assim, depois de passarmos por todo este caminho, continuando sempre a apostar na tecnologia. Conseguimos chegar a um ponto em que não só corrigimos os problemas, como também vamos conseguir ter vários ‘sabores’ de 10nm. Primeiramente os 10nm, depois os +, ++, etc… Vamos usar o processo ao máximo, até eventualmente chegarmos aos 7nm.

Em suma, acreditamos que temos uma plataforma muito solida nos 10nm. E por isso, queremos tirar o máximo de proveito dela.”

Portanto, aqui temos o resumo da história! A Intel não tem quaisquer planos de meter os 10nm da gaveta. Aliás, o plano atual é apostar na tecnologia, trazendo para o mercado versões + e ++ (Tal e qual o que aconteceu com os 14nm). Agora temos de esperar para ver se todo o trabalho irá compensar face aos 7nm e 5nm da TSMC.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Leia também

Ou veja mais notícias de Featured, Hardware

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

A Bitcoin está em queda… Mas pode regressar em força já em 2020!

Análise G.Skill Trident Z Neo RGB: Memória RAM a pensar na AMD!

Seguinte