Intel já avisou que não vai desistir dos 10nm para apostar nos 7nm

Os 10nm da Intel devem ter um espaço reservado no inferno, depois de tudo aquilo que fizeram à gigante dos processadores. Ainda assim, a gigante Norte Americana continua a apostar no processo, mesmo após vários rumores e ‘leaks’ a mencionar um cancelamento de componentes desktop baseados nos 10nm.

Intel: Não vamos desistir dos 10nm! Há muita coisa boa a aproveitar 

Intel

Portanto, o processo de 10nm é o grande culpado pelo sucesso atual da AMD. É que apesar de pessoalmente adorar ver uma AMD forte e capaz de oferecer concorrência a sério. A verdade é que se por acaso as coisas têm corrido bem à Intel, é provável que o domínio da gigante azul foi exatamente o mesmo. Enquanto a AMD continuaria a oferecer produtos focados no desempenho/preço.



Dito tudo isto, parece que os 10nm vão mesmo chegar em 2020, primeiramente para o mundo dos servidores, e posteriormente com produtos desktop na forma de CPUs e GPUs. Exatamente na mesma altura em que a AMD já vai estar nos 7nm EUV, pronta a saltar para os 5nm.

O que levanta uma questão… Porque não saltar os 10nm para ir diretamente para os 7nm?

7nm

Eis o que a Intel teve a dizer acerca desta questão:

“É no fundo um cenário que há muita coisa boa que podemos levar dos 10nm para os 7nm. E na verdade, já chegámos a um ponto em que conseguimos resolver os problemas fundamentais no processo. Por isso, já começámos a produção em massa de produtos baseados nesta tecnologia.

Apesar de termos adiado os 10nm uma série de anos, conseguimos finalmente chegar onde queríamos em termos de performance e eficiência energética!

Assim, depois de passarmos por todo este caminho, continuando sempre a apostar na tecnologia. Conseguimos chegar a um ponto em que não só corrigimos os problemas, como também vamos conseguir ter vários ‘sabores’ de 10nm. Primeiramente os 10nm, depois os +, ++, etc… Vamos usar o processo ao máximo, até eventualmente chegarmos aos 7nm.

Em suma, acreditamos que temos uma plataforma muito solida nos 10nm. E por isso, queremos tirar o máximo de proveito dela.”

Portanto, aqui temos o resumo da história! A Intel não tem quaisquer planos de meter os 10nm da gaveta. Aliás, o plano atual é apostar na tecnologia, trazendo para o mercado versões + e ++ (Tal e qual o que aconteceu com os 14nm). Agora temos de esperar para ver se todo o trabalho irá compensar face aos 7nm e 5nm da TSMC.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário