Huawei Mate 30 Pro rouba uma característica do OnePlus 7 Pro

O Mate 30 Pro da Huawei pode chegar com algumas das melhores características do OnePlus 7 Pro. Logo à partida as novas informações dizem que o próximo topo-da-gama da série Mate também terá um ecrã AMOLED de 90Hz.

Huawei Mate 30 Pro rouba uma característica do OnePlus 7 Pro

Apesar do OnePlus 7 Pro não ser o primeiro equipamento a utilizar um ecrã de 90Hz, nem ter a maior taxa de atualização do mercado, é sem dúvida um dos mais falados. Com tanto buzz, não é estranho que a Huawei siga o mesmo caminho. Afinal de contas quem ganha é o consumidor. No entanto e apesar das informações que circulam na Internet, ainda não há confirmação oficial acerca deste facto.

Entretanto e já que falamos do Mate 30 Pro, eis que apareceram online algumas renderizações. Ele faz lembrar uma mistura entre o Samsung Galaxy S10+ e o Mate 20 Pro com algumas modificações.

30

O ecrã alarga-se até ao topo e possui um buraco que acomoda duas câmaras frontais. Importa salientar que os sensores estão localizados no canto superior esquerdo do ecrã.

Já na parte traseira este equipamento tem um módulo de câmaras rectangular, graças à edição de um sensor extra que dá origem a uma configuração de quatro câmaras.

O Huawei Mate 30 Pro surge em vermelho com uma parte traseira semi-fosca, azul clássico com um design gradiente e preto clássico. Para já tudo não passa de renderizações. Assim sendo, o aspecto final pode vir a ser bem diferente.

Mate 30 Pro deverá integrar um processador Kirin 985. A isto junta-se um modem Balong 5000 5G. No caso das câmaras temos um zoom óptico de 5x e zoom digital de 50x. Na prática o mesmo que acontece com o Huawei P30 Pro.

Também se espera que o novo topo-de-gama da Huawei venha com uma bateria de 4200mAh. Deverá suportar carregamento ultra-rápido SuperCharge de 55W.

O Mate 30 Pro poderá ser um marco para a Huawei. Não apenas pelas especificações, mas também pelo facto de poder ser o primeiro equipamento deste fabricante chinês a integrar o novo sistema operativo HongMeng OS que será uma alternativa ao Android.