Se usar o Google Fotos pode apagar as fotos do smartphone?

Esta é uma grande questão. Afinal de contas se as suas fotos estão seguras na Cloud não precisa de as estar a manter no seu smartphone. Isto porque teoricamente só vão estar a ocupar espaço. De facto, o próprio Google Fotos até tem uma função para fazer isto. Mas será isto boa ideia? Se usar o Google Fotos pode apagar as fotos do smartphone?

Se usar o Google Fotos pode apagar as fotos do smartphone?

A melhor resposta para isto é depende. Logo à partida sabe que se utilizar o Google Fotos e normalmente está ligado a uma rede sem fios tudo o que tem no smartphone está seguro. O problema é que pode não estar com a qualidade de que precisa.

O Google Fotos disponibiliza duas formas de guardar as suas fotografias. Por um lado, pode armazenar tudo com a qualidade original. Por outro pode armazenar com alguma compressão. Nisto existem vantagens e desvantagens.

A partir de um determinado limite o Google Fotos é pago. Ou seja, o espaço de armazenamento. Se guardar as fotos e vídeos com qualidade original esse espaço vai-se encher muito depressa. É que o espaço gratuito são 15GB partilhados com o Gmail, Google Drive e outras apps. É por isso que as pessoas optam por colocar alguma compressão. No entanto, colocar com compressão também tem desvantagens. Ou seja, o espaço vai durar mais mas a qualidade será inferior. Para além disso, algumas fotos podem ficar mal comprimidas. Já aconteceu uma situação no passado semelhante. Com isto simplificamos a resposta.

Deixar as fotos no telemóvel ou não?

Se tiver o Google Fotos na qualidade original e estiver disposto a pagar por isso então não há qualquer problema em apagar as fotos do seu smartphone mantendo apenas a cloud. Até porque a qualquer altura pode descarregar os conteúdos. No entanto, se não quiser pagar mais pelo espaço e for utilizar compressão mantenha os conteúdos no seu smartphone. É que nunca sabe quando vai precisar deles com a máxima qualidade. Até para uma fotografia que queira ampliar para uma tela ou algo do género.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.