Google está a forçar a utilização do Google Maps no Android Auto!

O Google Maps é das aplicações que mais está integrada no Android Auto. Afinal de contas é uma aplicação da Google que funciona por cima de outra aplicação da Google. Assim não é de surpreender que a maioria dos utilizadores confie nela para a navegação. No entanto, o Google Maps não é do agrado de todos. Entretanto como se não bastassem as questões de gosto pessoal, uma alteração recente do lado do servidor imposta pela Google parece estar a causar confusão no mundo do Android Auto. Não é claro se se trata de um comportamento pretendido ou apenas de um erro. A verdade é que a Google está a forçar a utilização do Google Maps no Android Auto.

Google está a forçar a utilização do Google Maps no Android Auto!

A integração do Assistente da Google no Android Auto tem um objetivo simples mas essencial: permite aos utilizadores controlar a experiência com comandos de voz.

Uma aplicação como o Android Auto não deve causar distração ao condutor, pelo que o Assistente permite aos utilizadores interagir com as suas aplicações sem olhar para o ecrã. Os comandos de voz são essenciais e permitem aos utilizadores configurar a navegação, definir um novo destino, reproduzir música, fazer chamadas telefónicas e enviar mensagens.

O comportamento predefinido do Android Auto para as aplicações de navegação permite aos utilizadores dar instruções ao Assistente do Google para definir um novo destino em qualquer software em execução no ecrã. Se utilizarem o Google Maps, dizer ao Android Auto para definir o destino para um novo endereço reconfigura a navegação no Google Maps. Se estiverem a utilizar o Waze, o mesmo acontece no Waze.

A partir desta semana, o Android Auto processará o pedido, mas mudará a aplicação para o Google Maps. O Assistente recebe o comando de voz, mas em vez de o executar na aplicação no ecrã, inicia o Google Maps e configura o destino para o endereço falado.

Sem surpresa, os utilizadores acreditam que esta é uma forma de impor o Google Maps. Isto porque a mudança de uma aplicação diferente para o Google Maps para cada pedido impede-os de ficarem com outra aplicação de navegação.

Isto já tinha sido relatado pelo site Autoevolution no Android Auto 11.7.

Mas agora parece que a Google também habilitou a mesma experiência em outras versões. A mudança pode ser alimentada por uma atualização do lado do servidor na aplicação da Google.

Os utilizadores explicam que instruir o Assistente para configurar um novo destino numa aplicação diferente acaba sempre com o Android Auto a lançar o Google Maps, mas tudo o resto funciona como esperado. Se utilizarem o toque para configurar a navegação no Waze, a experiência funciona corretamente e o Google Maps não é carregado.

Com a Google a manter-se em silêncio sobre esta estranha alteração, muitos utilizadores recorrem a uma solução extrema: desativar o Google Maps nos seus dispositivos móveis.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.