Huawei

Depois de quase meio ano em sofrimento, parece que temos algumas boas notícias para a gigante Chinesa Huawei… Afinal de contas, existe agora alguma esperança para o regresso dos serviços da Google aos smartphones da empresa!

Pois bem, como deve saber, o nome da Huawei foi adicionado à afamada Entity List dos Estados Unidos no passado mês de Maio. O que por sua vez proibiu várias empresas Norte Americanas de continuar com as suas relações comerciais com a fabricante de smartphones que ocupa atualmente a segunda posição do mercado, onde temos de incluir a Google.



Finalmente! Boas notícias para a Huawei… Abram alas para o regresso da Google?

Como resultado de tudo isto, o mais recente smartphone topo de gama da Huawei, o Mate 30 Pro, chegou ao mercado sem qualquer serviço Google Play. Sendo baseado numa versão ‘open-source’ do Android 10. Assim, além do aparelho ainda nem ter conseguido chegar à Europa, as vendas também estão um pouco aquém do esperado no resto do mundo… No entanto, agora existe uma luz ao fundo do túnel, com um avanço nas negociações entre os Estados Unidos e China.

Huawei Android

Fase 1 do acordo Estados Unidos <-> China

O secretário de estado do comércio Wilbur Ross, confirmou agora numa entrevista com a Bloomberg, que o governo Norte Americano se encontra numa fase inicial de um acordo com o governo Chinês.

Ou seja, depois de mais alguns detalhes finalizados, as empresas Americanas vão poder trabalhar com a Huawei. Aliás, o estado recebeu 260 pedidos de licenças negociais nos últimos meses… Contudo, nem todas vão ser aceites.

O que claro está, significa que os serviços da Google podem estar prestes a voltar!

Apesar do regresso dos serviços Google, ainda existe uma longa estrada para caminhar

Pois bem, mesmo que os dois governos cheguem a acordo, e que a Google consiga voltar a oferecer os seus serviços à Huawei. Ainda existem mais alguns obstáculos a ultrapassar, nomeadamente na parte do hardware, visto que muitos dos componentes dos smartphones da empresa, dependem de patentes e produtos produzidos nos USA.

Ainda assim, a gigante britânica ARM Tech já disse que vai continuar a trabalhar com a Huawei

A ARM já anunciou que vai continuar a fornecer e a licenciar tecnologias à Huawei. É que caso não saiba, o Kirin 990 e chipset Ascend 910 AI. Afinal de contas, a ARM é do Reino Unidos, por isso não tem obrigatoriamente de seguir as ordens de Donald Trump… Contudo, existem algumas tecnologias utilizadas nos chips com base em algumas patentes Americanas.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.