Elon Musk está em guerra com a Google! Esta e a razão!

Quem segue Elon Musk no X (antigo Twitter) deve ter reparado que o bilionário da tecnologia tem vindo a criticar cada vez mais a Google na última semana. Parece que a maior parte da sua ira se tem centrado na nova IA da empresa, a Gemini. A Google concebeu esta IA para ser um dos modelos de aprendizagem generativa mais avançados disponíveis (embora possa ainda não estar pronta para substituir o seu assistente digital).

Elon Musk está em guerra com a Google! Esta e a razão!

Uma das coisas que a separa de outras IA é o facto de ser multimodal, o que significa que pode compreender e traduzir vários tipos diferentes de informação, incluindo texto, código, áudio, imagens e vídeo. Mesmo assim, os recentes desenvolvimentos na tecnologia de aprendizagem automática fizeram com que muitas empresas tecnológicas se esforçassem por criar o seu próprio software de IA. Então, o que é que o Gemini tem que fez com que atraísse tanto a atenção de Musk?

Google One assinantes

Os primeiros comentários de Musk sobre a plataforma surgiram depois de a Google ter sido forçada a suspender o software de geração de imagens Gemini. Os primeiros utilizadores do software queixaram-se de que este era “demasiado acordado”. Isto ao repararem que tinha tendência para produzir imagens racialmente diversas. Mesmo quando lhe eram dadas instruções históricas, como uma para produzir imagem de nazis. Os comentários de Musk parecem indicar que não só concorda, como acredita que esta é a semente de um problema maior e sistémico com a plataforma.

Não é segredo que o patrão da Tesla acredita que a chamada “cultura woke” é problemática

Ele já fez inúmeras declarações públicas sobre o assunto. Em termos inequívocos, deixou claro que acredita que essa mentalidade política é tóxica. No dia 22 de fevereiro, após o lançamento da Gemini, Musk tweetou: “O vírus da mentalidade “woke” está a matar a civilização ocidental. A Google faz a mesma coisa com os seus resultados de pesquisa. O Facebook e o Instagram também. E a Wikipédia”. Entretanto deu a entender que vai lançar a sua própria alternativa ao Gmail e há um rumor persistente de que vai criar o seu próprio motor de busca.

- Advertisement -

Entretanto Musk acrescentou várias novas acusações à lista nos últimos dias: acusou o Gemini de ser racista e sexista. Também afirmou que falou ao telefone com um executivo da Google que lhe disse que demoraria alguns meses a resolver o problema. Num tweet que relata a alegada conversa, Musk afirma que a sua resposta foi “que duvidava que a bolha burocrática do Google *permitiria* que ele a corrigisse”. Ele também declarou: “A menos que aqueles que causaram isso sejam expulsos do Google, nada mudará, exceto para tornar o preconceito menos óbvio e mais pernicioso”.

Os seus outros posts sobre o assunto também se tornaram cada vez mais alarmistas. Partilhou um meme com o título “Qual é a diferença entre uma teoria da conspiração e a verdade? Cerca de 6 meses”. Afirmou também que “toda a nossa civilização está em jogo”. Mas não parece ser apenas o Google que ele está a perseguir. Recentemente, queixou-se também do facto de o Windows exigir que os utilizadores criem uma conta Microsoft. Isto quando configuram um novo PC e sugeriu que isso daria à IA da empresa acesso ao seu computador.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.