Vai ser má ideia utilizar o Edge se não tiver o Windows ativado!

É perfeitamente possível utilizar o Windows 10 ou 11 sem estar ativado. É verdade que a Microsoft bloqueia as configurações de personalização e algumas funções. No entanto isto não o impede de trabalhar ou jogar. A Microsoft já tem várias formas de o informar de que o Windows não está ativado, incluindo a aplicação Definições, o ambiente de trabalho e outros locais. No entanto, a Microsoft quer levar as coisas um pouco mais longe. Agora vão bloquear o acesso a algumas funções do Edge se o Windows não estiver ativado!

Vai ser má ideia utilizar o Edge se não tiver o Windows ativado!

De facto, numa compilação recente do Microsoft Edge, a Microsoft começou a testar várias flags que podem permitir que a empresa bloqueie as funções quando o Windows 11 não estiver ativado.

- Publicidade -
  • msEdgeActivatedStateCheckAndUpdate
  • msEdgeNonActivatedOSTrigger
  • msEdgeLockSettingsInNonActivatedOS

O site Windows Latest tentou executar a versão Edge Canary com estas funções habilitadas individualmente. Conseguiram que o “msEdgeLockSettingsInNonActivatedOS” funcionasse, o que bloqueia algumas configurações.

edge windows ativado

Depois de abrir a página Configurações no Edge, surgiu um banner no topo informando que “Percebemos que seu Windows não está ativado, algumas personalizações foram limitadas”.

O Edge bloqueou o acesso às configurações “Quando o Edge inicia”. Assim esta página permite configurar a página que se inicia quando abre o browser.

Para já o limite é só bloquear a página inicial quando abre o browser. No entanto, a Microsoft pode adicionar mais restrições nas próximas compilações do Edge. Por exemplo, a empresa pode não permitir que altere as configurações do novo separador, oculte o feed do MSN, altere o sotaque, o tema escuro ou outras coisas.

Faz sentido bloquear as definições do Edge?

Bloquear as definições do Edge aos utilizadores porque estes utilizam uma versão do Windows não ativada não faz sentido. Não vemos qualquer benefício destas restrições para além de irritar os utilizadores para que mudem para o Chrome ou Firefox.

Entretanto os browsers não devem incitar o utilizador a comprar uma licença para Windows. É uma daquelas funcionalidades que esperamos sinceramente que nunca seja aprovada.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.