COVID-19: corrida às compras em Portugal para evitar restrições!

Estamos a enfrentar uma das maiores pandemias de sempre. E, de facto, a maioria das pessoas estão a viver uma situação completamente diferente de tudo o que conheciam até agora. Quarentena, escolas fechadas, deslocações apenas quando necessário, são tudo regras e acontecimentos que a maioria de nós nunca tinha vivido. No entanto, se já é difícil, o pior pode estar ainda para vir. É que esta situação não se vai resolver já num mês ou dois. É por este motivo que as revelações feitas pelo novo barómetro semanal da Nielsen não têm nada de estranho e vão de encontro ao que temos assistido. Na prática revelam uma corrida às compras devido ao COVID-19.

COVID-19: corrida às compras em Portugal para evitar restrições!

COVID-19 corrida às compras

Logo à partida destaca-se um elevado crescimento para os bens de consumo nos hipermercados e supermercados face ao período anterior. Na prática, mais 65% entre 9 e 15 de Março. O objetivo é claro. Os portugueses começaram a preparar a sua despensa. No top dos produtos mais procurados estão as categorias mais essenciais.

Dito isto, o estudo verificou que existe uma preocupação acrescida com o armazenamento de produtos de higiene pessoal e do lar (+95% na semana 11 face à semana homóloga) e produtos alimentares (+91%).

COVID-19 corrida às compras

Nos produtos de Higiene Pessoal e do Lar, é o Papel Higiénico que regista o maior crescimento (acima dos 200%) mas Lenços, Rolos e Guardanapos, Produtos para Roupa e Loiça, Limpeza do Lar, Higiene Corporal, Fraldas/Toalhetes e Cuidados de Saúde também ultrapassam o dobro das vendas.

Já no que respeita à Alimentação, as Conservas e Produtos Básicos mantêm-se no topo, com crescimentos acima dos 200%. Produtos Instantâneos, Alimentação Infantil, Congelados e Azeite/Óleos /Condimentos e Temperos crescem também de forma muito acentuada, ultrapassando o dobro das vendas na semana anterior.

Tudo isto se deve também às preocupações dos consumidores…

De facto, a Nielsen conseguiu identificar seis etapas de adaptação do consumidor perante esta nova realidade: a compra proativa de Saúde, a gestão reativa da Saúde, a preparação da despensa, a preparação para quarentena, a vida com restrições e a vida sob uma nova normalidade.

Portugal entra assim na terceira das seis etapas identificadas pela Nielsen, ou seja, a preparação da Despensa. E isto foi algo que aconteceu em todo o território. No conjunto de distritos destacam-se Bragança – com +74% –, Santarém, Guarda, Setúbal, Lisboa, Leiria, Porto e Vila Real.

COVID-19 corrida às compras

Entretanto, o crescimento verificado nesta semana de análise acontece em todas as tipologias de lojas: Hipers crescem 60%, Supers Grandes 75% e Supers Pequenos 57%.

De facto, e face à pandemia do COVID-19 não é de estranhar esta corrida às compras. Ainda assim, não é necessariamente a melhor forma de lidar com a situação. Lembro o que aconteceu com a questão do gasóleo e gasolina. Foi tudo a correr e depois muitas pessoas que precisavam também não tiveram como abastecer. Se for tudo feito de forma não exagerada, chegará certamente para todos.

Foto

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também