Carteira Google vai acabar em alguns equipamentos Android!

O Google Wallet, ou a Carteira Google, foi a primeira solução de pagamento da empresa em smartphones e relógios Android, permitindo efetuar rapidamente pagamentos via NFC e armazenar passes e bilhetes. No início a adesão não foi muito rápida. Agora várias pessoas utilizam este sistema até para a entrada em estádios de futebol e outros eventos. No entanto, se o faz e tem um smartphone antigo tenha muito cuidado, já que a Carteira Google vai acabar em alguns equipamentos Android.

Carteira Google vai acabar em alguns equipamentos Android!

O site 9to5Google descobriu uma página de suporte oficial que revela que o Google Wallet exigirá o Android 9 Pie ou superior no Android. Além disso, o Wallet em smartwatches exigirá o Wear OS 2.x ou posterior. Este novo requisito entra em vigor a partir de 10 de junho de 2024.

- Publicidade -

padrão de desbloqueio, nas palavras-passe, smartphone Android sinais, segurança em dois passos

“Para ajudar a manter as funcionalidades do Wallet mais seguras, como as transacções tap-to-pay, temos de poder enviar actualizações de segurança para o seu dispositivo. As actualizações de segurança não estão disponíveis para versões do Android inferiores à 9, explicou a empresa na sua página. Lembro que a Google listou anteriormente o Android 7.0 Nougat de 2016 como o requisito mínimo para o Wallet.

A boa notícia é que o novo requisito não é exatamente rigoroso, já que o Android 9 Pie foi lançado em 2018. As famílias Samsung Galaxy S8 e Galaxy Note 8, a gama HUAWEI P10 e a gama original do Google Pixel receberam uma atualização para o Pie. Por isso, pode continuar a utilizar um destes smartphones se ainda não estiver pronto para atualizar.

Também é importante notar que existem muitos relógios antigos que ainda executam o Wear OS 2.x, pelo que não é necessário atualizar para um wearable Wear OS 3.0 ou Wear OS 4.0 se ainda estiver satisfeito com o seu smartwatch atual.

Costuma utilizar a carteira Google? Conte-nos tudo nos comentários.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.