Inicio Android Atenção Trump! Xiaomi prepara-se para ultrapassar a Apple!

Atenção Trump! Xiaomi prepara-se para ultrapassar a Apple!

O desempenho da Xiaomi no primeiro semestre de 2020 superou as expectativas dos analistas. Como já tínhamos referido, num cenário de pandemia, a Xiaomi conseguiu registar um crescimento de vendas e prepara-se agora para ultrapassar a Apple.

Atenção Trump! Xiaomi prepara-se para ultrapassar a Apple!

Após o lançamento do relatório trimestral, o preço das ações da Xiaomi atingiu os 2.79 dólares. Isto é um aumento na ordem dos 13% e representa um novo recorde desde julho de 2018. Além disso, o valor total de mercado da empresa é de cerca de 65 mil milhões de dólares.

Entretanto, analistas das empresas Goldman Sachs, CITIC Securities, Founder Securities, CICC, Daiwa, Morgan Stanley e Citibank publicaram ontem vários pareceres, nos quais emitiram uma perspectiva positiva para o crescimento futuro das ações, e também aconselharam os investidores a comprá-las. O certo é que hoje a Xiaomi está a mexer como nunca.

Xiaomi

Mais do que isso, os analistas da CICC aumentaram o preço-alvo para as ações da empresa em 100% e estão otimistas com um aumento na participação de mercado dos smartphones da Xiaomi. A CICC acredita que a Xiaomi estará entre os três maiores fabricantes de smartphones do mundo.

Isto deve acontecer ainda este ano. Caso não seja possível, o mais tardar no próximo.

No segundo trimestre, a participação de mercado europeu da Xiaomi atingiu 17%, um aumento de 65% ano a ano, tornando a Xiaomi no terceiro maior fabricante de smartphones da Europa pela primeira vez.

Xiaomi

Entretanto a Xiaomi tem conseguido bons resultados, numa altura em que as coisas não estão famosas. Assim, a pandemia de COVID-19 forçou os governos em todo o mundo a fecharem fronteiras e a imporem bloqueios regionais, o que resultou num declínio significativo no PIB. De facto, o abrandamento da atividade económica e social teve um impacto significativo, em particular no mercado dos smartphones. A TrendForce estima também que 286 milhões desses dispositivos foram fabricados no segundo trimestre, um aumento de 2,2% em relação ao trimestre anterior, mas 16,7% menos olhando para o ano anterior. Na prática, a maior queda na história da indústria. Entretanto quem ainda salvou o negócio foram as lojas online de smartphones. Pode ler mais sobre isto aqui. Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também

Alerta! Tenha muito cuidado com este esquema no WhatsApp!

O WhatsApp é sem dúvida uma das plataformas de comunicação mais populares. Todos a usamos e como tal somos também um alvo de um...

Procura por bons filmes na Netflix? Não veja estes!

A Netflix é neste momento uma das maiores e melhores plataformas de Streaming em todo o mundo. Sobretudo devido ao facto de ter disponível...

Nokia 5.4 está quase a chegar: veja o design e especificações!

Assim como acontece com vários fabricantes, o lançamento de produtos da HMD Global, ou neste caso, da Nokia, não tem um padrão definido. Dito...

(Análise) Mate 40 Pro: A prova que a Huawei não pode morrer

(Análise) Huawei Mate 40 Pro: Como já fiz tanta vez, podia começar este artigo com a tradicional 'lenga-lenga' a explicar o facto de a...

IPTV em 2020? Estes são os melhores programas!

O IPTV está cada vez mais popular, especialmente para quem já não tem tempo para simplesmente estar sentado à frente da TV. Afinal de...