Inicio Android Google sobe a fasquia do Android ao nível da memória

Google sobe a fasquia do Android ao nível da memória

Muitos smartphones Android que estão a chegar ao mercado têm uma quantidade enorme de memória. De facto, muitos deles até chegam a ter mais RAM que a maioria dos computadores. No entanto, também há os dispositivos mesmo baratinhos que levam esta capacidade aos mínimos. No entanto, em breve, as coisas vão mudar e os fabricantes vão sentir necessidade de ter mais cuidado com os seus equipamentos. É que de acordo com um documento que chegou à Internet, a Google quer que os smartphones Android tenham pelo menos 2GB de memória e já a começar este ano.

Google sobe a fasquia do Android ao nível da memória

Este documento chega da mão do XDA e revela que a Google vai começar a implementar algumas alterações a começar pelo Android 11. Dito isto, a partir do quarto trimestre de 2020, todos os dispositivos Android que cheguem com a versão 10 ou a versão 11 terão de ter, pelo menos, 2GB de memória.

Android memória

Então, o que acontece se um fabricante de smartphones Android desenvolver um equipamento com menos de 2 GB de RAM? Nessa altura, o dispositivo é considerado um smartphone Android Go e deve ser vendido e comercializado como tal. Isto aplica-se a qualquer dispositivo que chegue com o Android 11 e a qualquer dispositivo Android 10 lançado após o quarto trimestre de 2020. Os dispositivos atuais no mercado com 2 GB ou menos de RAM não terão de ser alternados para o Android Go. Ou seja, continuam a ser equipamentos normais.

O que é que isto significa para quem vai comprar um smartphone? Por um lado, haverá muito mais dispositivos Android Go no mercado. Anteriormente, o Go era destinado a dispositivos com menos de 1 GB de RAM, mas não era um requisito. Agora sim. Além disso, a meta de 2 GB também significa que teremos smartphones Android Go consideravelmente mais rápidos e provavelmente haverão mais variações nos preços.

Entretanto a Google também está a aumentar os requisitos mínimos em termos de ram para o Android. Até aqui eles funcionavam perfeitamente com 512 MB de RAM. Agora a Google exige pelo menos 1 GB para o instalar. Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também

Privacidade: o iPhone vai dizer-lhe se estiver alguém a ouvir

A privacidade está cada vez mais na ordem do dia e até mesmo tratando-se de um iPhone! E se existe empresa que dá importância...

A PS5 vai ter o melhor leque de exclusivos de sempre no lançamento

Já não é grande novidade que a PS5 irá ter um leque de exclusivos muito interessantes logo no seu lançamento! Especialmente quando temos em...

POCO X3 acaba de receber o primeiro update! Atualize já

A POCO começou de uma forma muito interessante com o lançamento do POCO F1. De facto, tinha a particularidade de nos dar acesso a...

Se tem o Apple Watch 3 não o atualize para o watchOS 7!

Se tem um Apple Watch Series 3, então atenção aos updates já que vários utilizadores fizeram a atualização para o watchOS 7 e estão...

Xiaomi Mi 10T e 10T Pro: as imagens finais e as especificações!

No dia 30 de Setembro vamos ficar a conhecer a gama que vai suceder à Mi 9T. De facto, tem havido muita conversa à...