(Análise) Kospet Optimus 2: Um relógio com câmera rotativa!

(Análise) Optimus 2: A Kospet é uma marca de smartwatches que já anda no mercado há alguns, sempre muito focada em oferecer produtos com especificações completamente loucas, preferindo usar o mesmo exato SO Google Android que encontramos nos nossos smartphones, em vez do Wear OS, que está mais adaptado a relógios.

Porquê produzir um relógio com especificações de smartphone, baseado num sistema operativo de smartphone? Bem… Porque o Kospet Optimus 2 é na verdade um smartphone, que também funciona como relógio.

Afinal de contas, estamos a falar de um aparelho com um ecrã OLED de 1.6”, uma gigantesca bateria de 1260mAh, e claro, uma câmera de 13MP rotativa. Sim! Pode tirar fotos ou filmar o que você bem entender, e até pode tirar selfies, visto que basta rodar a câmera para si. Aliás, neste ‘menino’, até temos acesso à funcionalidade de reconhecimento facial.

(Análise) Kospet Optimus 2: Um smartwatch com câmera rotativa! (Pode comprar aqui por 150€ – Cupão: 333OPTIMUS2)

Portanto, muito resumidamente, a Kospet voltou a fazer aquilo que faz melhor… Voltou a lançar um smartwatch estranho! Afinal de contas, temos aqui um aparelho baseado no SoC MediaTek Helio P22, 4GB de memória RAM, 64GB de armazenamento interno, etc… O que claro está, faz com que este relógio seja bem mais poderoso que todo e qualquer relógio inteligente ‘normal’ do mercado. Para ter noção, a grande maioria dos smartwatches do mercado têm entre 1GB e 1.5GB.

Dito tudo isto, a Kospet afirma que temos aqui um aparelho baseado no Android 10.7. No entanto, esta versão não existe. O que temos aqui é uma versão desconhecida do Google Android, com muita personalização em cima, para o meter mais parecido com o Wear OS. Porquê este trabalho todo? Bem… O Kospet Optimus 2 é capaz de correr toda e qualquer app da Google Play Store. Incluindo os jogos mais pesados, aplicações de streaming como a Netflix, etc… Executa tudo com uma perna às costas. Uma grande vantagem relativamente aos relógios Wear OS.

Além de tudo isto, este relógio também é capaz de funcionar como um smartphone normal. Porquê? Porque tem um modem 4GB incluído, por isso, pode mesmo instalar o seu cartão SIM dentro do aparelho.

Utilização no dia-a-dia

Este não é o primeiro smartwatch da Kospet que testo. Afinal de contas, são sempre ofertas muito fora do normal, que dão algum gozo tirar da caixa e levar para a rua.

Mas tendo isto em conta, é inegável que este é o melhor relógio que a fabricante alguma vez lançou. O SO está muito rápido e fluido, a interação com as apps foi muito melhorada. Ou seja, temos aqui um aparelho com duas personalidades. Que pode ser utilizado como um smartwatch normal, ou como um autêntico smartphone.

Temos ainda de salientar, que a autonomia é a melhor de sempre num relógio da marca, apesar de não ser nada do outro mundo. Afinal, temos uma bateria ‘grandita’ com 1260mAh, mas temos também de considerar que temos aqui hardware de smartphone normal. Por isso, a autonomia vai ser basicamente a mesma de sempre, 1~2 dias de uso normal.

Design

O Kospet Optimus 2 é um relógio bonito. Mas é também um relógio gigante. Na verdade, eu não sou de todo o melhor exemplo para tirar fotos e mostrar como isto fica num pulso, porque tenho um pulso bastante pequeno e fino.

Mas se gosta de ter um “matacão” no pulso… Look no further!

Então e a câmera?

Uma das características chave desde aparelho é sua câmera de 13MP rotativa. Mas calma que isto não roda de forma automática. Se quiser meter a câmera na posição frontal, tem de o fazer manualmente, puxando-a para cima. Quando a quiser “arrumar”, basta voltar a metê-la no sítio.

A qualidade de imagem é muito interessante para… Bem… Uma câmera num relógio. Curiosamente, até temos flash!

Óbvio que tirar fotos com o relógio é sempre algo um pouco estranho. Mas tem um exemplo de uma foto em baixo:

Em suma, para fazer uma videochamada, ou algo similar, a partir do aparelho que temos no pulso? É uma experiência muito interessante que nos mete na pele de um super espião como James Bond!

Conclusão

Este relógio não é definitivamente para todos, mas se gosta de tecnologia, e gosta de ser diferente. É inegavelmente algo que lhe irá meter um sorriso no rosto, e irá ser motivo de conversa entre amigos.

Por 150€, é uma compra muito interessante.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

NVIDIA decidiu aproveitar chips com defeito!

Nos últimos tempos, temos visto uma grande aposta no lançamento de placas RTX 3060 por parte da NVIDIA. Uma placa gráfica muito interessante, capaz...

Processador ‘limitado’? Sim! Mas o iPad mini 6 impressiona!

Muito provavelmente devido à crise de produção atual, a Apple foi obrigada a utilizar diferentes versões do SoC A15 Bionic, nas suas diferentes gamas...

Microsoft confirmou. TPM 2.0 é obrigatório! Até nas máquinas virtuais

O Windows 11 está mesmo prestes a chegar ao mercado, visto que a sua data de lançamento já foi antecipada do 11.11 para o...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!