Inicio Jogos Análise Razer DeathAdder Elite: Um excelente rato a um bom preço

Análise Razer DeathAdder Elite: Um excelente rato a um bom preço

Se por acaso gosta de um bom rato para jogos, e já anda no mundo dos PC’s há alguns anos, sabe que o Razer DeathAdder é para muitos o melhor companheiro de gaming desde que chegou ao mercado em 2006. Aliás, a Razer sabe muito bem aquilo que têm em mãos, por isso tem sempre optado por fazer pequenas actualizações ao design ao longo dos anos.

Tendo isto em conta, na mais recente versão DeathAdder Elite, o rato preserva o seu design confortável e ergonómico que tão bem conhecemos, com algumas melhorias tanto no exterior como no interior.

Então, será que vale a pena comprar o Razer DeathAdder Elite?

DeathAdder Elite

Muito resumidamente, a versão elite deste rato é apenas uma atualização à popular gama de periféricos da Razer. Onde podemos encontrar a integração da iluminação RGB Chroma, bem como algumas melhorias nos materiais que dão vida ao ‘Elite’.

Assim, o DeathAdder Elite é no fundo um rato a um preço acessível com especificações muito interessantes. Contando com 7 botões programáveis, bem como um DPI máximo de 17.000 unidades. (Se bem que o DPI máximo há muito que deixou de ser servir de quantificação de qualidade)

Dito isto, o que é realmente importante são os 1000Hz de ‘Polling Rate’, e claro, os movimentos super rápidos que o sensor do rato consegue apanhar sem grandes dificuldades.

O que claro está muito se deve ao sensor 5G ‘Custom’ que a Razer criou em parceria com a Pixart. (Conhecida por produzir os melhores sensores do mundo dos ratos para PC)

DeathAdder Elite

Desta maneira, o sensor do Razer DeathAdder Elite é capaz de processar acelerações até 50G ao mesmo tempo que consegue manter o rastreamento de superfície até 450” por segundo. Isto mete o ‘DeathAdder Elite’ no topo da tabela classificativa se existisse um campeonato de ratos!

Felizmente, toda esta performance vem num pacote bastante acessível para a grande generalidade das carteiras, custando cerca de 79€. (Contudo, como já foi lançado há alguns anos, é bem provável que o encontre a rondar os 50€)

Em suma, o ‘Elite’ tem cerca de 127 mm de comprimento e 70 mm de largura, pesando apenas 105 gramas!

Ou seja, estamos aqui a falar de um dos ratos mais leves e com dimensões muito amigas do utilizador. Desta maneira, se for um bocado ‘esquisito’ com os ratos que usa, é bem provável que se consiga adaptar a este produto.

Na minha opinião, só tem um defeito… O facto de não ser um rato sem fios! Visto que pessoalmente odeio ter o cabo a arrastar pela mesa, mas pelo preço e tendo em conta a qualidade, parece-me ser um produto muito porreiro para qualquer gamer ambicioso que não queira gastar muito dinheiro.

Por fim, se quiser saber mais sobre o Razer DeathAdder Elite, clique aqui.

DeathAdder Elite


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião, nos comentários em baixo. Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Leia também

COVID-19: é perigoso receber encomendas vindas da China?

Passado tantos meses depois do início da pandemia, o mundo continua a estar alerta com as devastadoras e fatais consequências do famoso coronavírus! Afinal...

Google Fotos acaba de receber uma grande novidade no Android!

O Google Fotos é uma aplicação imprescindível em qualquer smartphone. É que graças a ela nunca perdemos qualquer fotografia ou vídeo. Fica tudo armazenado...

Samsung Galaxy A42 5G: renderizações estão na Internet!

A Samsung está a apostar forte nos smartphones 5G. Especialmente no campo da gama média. O primeiro passo foi dado com o Galaxy A51...

NVIDIA resolveu o problema das RTX 30! (Mas baixou as frequências)

Como deve saber, o (reduzido) stock de placas RTX 3080 está a dar problemas a quem fez tudo por tudo para conseguir meter as...

(Especial) A LG ‘estranha’ está de volta! E ainda bem!

Quando estamos inseridos numa indústria como a tecnológica, nomeadamente a de smartphones, começa a ser um pouco aborrecido ver aparelhos que são no fundo...