(Análise) Gigabyte GeForce RTX 2070 Gaming OC White

Gigabyte RTX 2070

(Análise) Gigabyte GeForce RTX 2070 Gaming OC White: A NVIDIA decidiu lançar de uma vez só, uma vasta gama de placas gráficas, onde mais se destacam a RTX 2080 e RTX 2080 Ti, devido aos seus níveis de performance!

Mas… E se apenas quiser, uma placa gráfica, simples, elegante e com boa performance, que não custe um pulmão ou um rim? Talvez seja boa ideia olhar para a RTX 2070, nomeadamente a versão Gigabyte RTX 2070 Gaming OC White.

Uma placa gráfica que apesar de não ter muitos extras, cumpre a sua missão sem grandes problemas… E é branca!



No entanto, é preciso salientar, o OC de fábrica que a Gigabyte oferece neste modelo, passando de 1620 MHz para 1725 MHz no Modo Gaming e 1740 MHz no modo OC. Algo que obviamente é obtido, graças ao design de 3 ventoinhas.

O design da placa não é nada do outro mundo, com a marca a optar por algo mais ‘low profile’, e elegante, algo que podemos perceber pelo preço. Ainda assim, a iluminação RGB dá um ar de sua graça, no logo da empresa.

RTX 2070 Gaming OC

Funcionalidades Extra:

  • Sistema de refrigeração Windforce 3X
  • RGB Fusion – 16.7 Milhões de cores disponíveis
  • Metal BackPlate
  • Frequências mais altas: 1740MHz (OC) / 1725MHz (Gaming)
  • 3x DisplayPort + HDMI + USB-C

Em suma, a Gigabyte RTX 2070 White OC, é uma placa gráfica bonita, mas não salta tanto à vista como muitas outras. Ainda assim, é sem dúvida, uma das placas mais potentes e mais bonitas, que tive o prazer de instalar no meu PC pessoal.

Acima de tudo, adoro o contraste das 3 ventoinhas pretas, com o corpo branco da placa gráfica!

RTX 2070 Gaming OC

Para alimentar esta ‘besta’ branca, vai precisar de um cabo de 8 pinos bem como um outro de 6 pinos. Potência mais que suficiente, para ainda ‘sacar’ um pouco de OC.

Preciso ainda de dizer algo bastante importante, se por acaso gosta de um sistema minimalista, com uma caixa mini-ITX… Apesar desta placa não pertencer às gamas mais altas, é enorme! Tive quase de fazer magia negra, para a conseguir montar numa NZXT H200i.

Performance em jogos

Resultados Benchmark

  • 3DMark FireStrike Ultra: 5366 (Pontuação Gráfica)
  • 3DMark TimeSpy: 9045
  • Unigine Superposition: 7255

Testámos também os seguintes jogos:

Shadow of the Tomb Raider DX12 (High) (FPS médios)

  • 1080p -> 105 fps
  • 1440p -> 79 fps
  • 2160p -> 50 fps

Middle Earth: Shadow of War (High) (FPS médios)

1080p -> 110 fps
1440p -> 74 fps
2160p -> 50 fps

Battlefield V DX12 (High sem DXR) (FPS médios)

1080p -> 120 fps
1440p -> 80 fps
2160p -> 54 fps

Battlefield V DX12 (High com DXR) (FPS médios)

1080p -> 43 fps
1440p -> 29 fps
2160p -> 25 fps

Ruído

Isto é altamente subjectivo, porque a minha tolerância ao barulho, pode ser ser vastamente diferente da sua. No entanto, tenho de dizer, que em comparação com a RTX 2080 Ti que testei há alguns meses, esta RTX 2070 é a rainha do silêncio.

Overclock

Como é óbvio, estas placas gráficas não são baseadas nos GPUs mais poderosas que saíram das linhas da NVIDIA. Essas unidades são reservadas para outras gamas, como os modelos Xtreme ou Aorus.

Ainda assim, é possível conseguir mais alguns FPS em vários jogos, com +160MHz no ‘Boost’ Clock e mais 600MHz na memória. (Claro que vai ter de aumentar a velocidade das ventoinhas, para nada derreter).

Conclusão

Se está à procura de uma excelente placa gráfica, mas não precisa nem se quer preocupar com muito Overclock, ou em meter as mãos em todos os extras que existem no mercado. Então tem aqui uma excelente solução!

É caso para dizer, que temos mais um caso BBB, boa, barata e bonita! Assim, se por acaso quiser saber mais acerca desta placa, clique aqui.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião, nos comentários em baixo.