Amazon Music ganha terreno mas Spotify mantém liderança

O mercado dos serviços de música online em streaming e por subscrição continua ao rubro. Com efeito, o Amazon Music é atualmente o serviço com maior crescimento a nível global. Segundo dados da Midia Research citados pelo Finantcial Times, no ano passado apresentou uma taxa de crescimento de 70%. Ou seja, superior à do serviço líder Spotify, da Apple Music e Google Music (agora YouTube Music).

Segundo a mesma fonte, em Abril a Amazon Music Unlimited tinha 32 milhões de subscritores. Mesmo que esteja abaixo da principal concorrência, a verdade é que o crescimento foi exponencial.

“As pessoas não têm prestado muita atenção à Amazon, mas a empresa tem sido extremamente eficaz”. As palavras são do especialista da Midia Research, Mark Mulligan, que vinca a estratégia da empresa neste mercado.

Em concreto, os assinantes da Amazon Music pagam 10 US dólares por mês – o mesmo que o cobrado pela Apple Music. Mas o preço desce para 8 dólares no caso dos utilizadores Prime e 4 dólares se usarem apenas dispositivos Echo.

Os produtos Alexa da Amazon são referidos como os principais impulsionadores para o rápido crescimento dos serviços Amazon Music Unlimited.

Além disso, a gigante do retalho diz que eles estão associados a mercados diferentes do Spotify e Apple Music.

Amazon Music

Steve Boom, responsável da Amazon Music citado pelo FT, explica que havia uma falta de oferta destes serviços para utilizadores mais velhos. E a verdade é que que 14% dos utilizadores deste serviço possui 55 anos ou mais, indica a Midia Reserarch. No Spotify são apenas 5% de subscritores nesta faixa etária, embora as subscrições familiares possam distorcer um pouco estes números.

Atualmente, no topo da lista dos serviços de streaming de música continua o Spotify, com 100 milhões de subscritores. Mesmo assim, a empresa teve um crescimento de 25% na sua base de clientes. Já a Apple Music registava em junho 60 milhões de subscritores. Em termos práticos, e também segundo a Midia Research, o crescimento o ano passado foi de 50% na sua base de clientes.

Via

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Tesla Model 2: as últimas imagens do novo carro “barato”

O fundador da Tesla, Elon Musk, revelou recentemente mais informações sobre o "Tesla barato" Model 2. No entanto, ainda não eram conhecidas as imagens...

Apple vai apostar na resolução com o novo MacBook Pro!

Como deve saber, depois do iPhone 13, todos os holofotes estão agora apontados ao redesign do MacBook Pro! Um portátil que além de apostar...

Google acaba de lançar update de emergência para o Chrome!

A Google lançou o Chrome 94.0.4606.61 para Windows, Mac e Linux que consiste num update de emergência para uma falha perigosa que já está...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!