A Avast foi acusada de vender dados dos utilizadores à Google

Para dizer a verdade, o anti-vírus Avast já não tem a melhor reputação de sempre no mercado… Ainda assim, é uma das soluções gratuitas mais populares que pode encontrar na Internet.

Por isso, tendo em conta este nível de popularidade e número total de downloads. A coisa pode ficar realmente chocante. Ao fim ao cabo, temos uma investigação em curso em cima da empresa, devido à venda de dados dos utilizadores a terceiros.



A Avast foi acusada de vender dados de 100 milhões de utilizadores à Google

Avast

Portanto, de acordo com as mais recentes informações, o departamento de proteção de dados da República Chega está agora a investir a empresa responsável pelo popular anti vírus.

O objetivo de tudo isto é apenas e só descobrir se a Avast anda ou não a vender informações a outras empresas de grandes dimensões como a Google, Microsoft ou Home Depot. Estamos a falar de informações como o histórico web, pesquisas de mapas, pesquisas no YouTube, entre outras coisas deste género.

Curiosamente, esta não é a primeira vez que a Avast é acusada de vender informações privilegiadas a terceiros. Ao fim ao cabo, em Janeiro de 2019, duas revistas bastante conceituadas na indústria dos computadores (Motherboard e PCMag) descobriram algumas provas de que o anti-vírus Avast andava mesmo a recolher informações privadas dos utilizadores.

E claro, a Avast estava a vender essas mesmas informações através de uma empresa subsidiária de seu nome “Jumpshot”. (Curiosamente, quando essa história foi publicada, a firma Jumpshot foi prontamente encerrada!)

Em suma, se ainda utiliza o Avast como solução de protecção nos seus computadores pessoais, talvez seja boa ideia ter tudo isto em conta. Ainda assim, também é provável que talvez até já suspeitasse um pouco da situação, visto que ninguém dá nada a ninguém… Entretanto, fica a questão… Que valor dá às suas informações privadas? Será que não vale tanto ou mais que uma subscrição a uma suite como deve de ser?


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário