YouTube vai receber em breve um temporizador de sono

Os temporizadores são uma funcionalidade comum nas aplicações de podcast e de transmissão de música, permitindo-lhe especificar quando a reprodução pára. Isto é útil para a hora de dormir, como o nome indica, parando automaticamente a reprodução depois de adormecer. O YouTube não tem esta funcionalidade mas em breve vai receber um temporizador de sono.

YouTube vai receber em breve um temporizador de sono

O especialista em aplicações Android, AssembleDebug, em conjunto com o Android Authority, investigou uma versão beta da aplicação YouTube para Android (versão 19.25.33). Aí foram descobertas referências à funcionalidade do temporizador de sono.

As referências sugerem que é possível especificar as horas e/ou minutos restantes até que a reprodução pare. Há também uma menção “sleep_timer_notification_channel_name”, sugerindo que o temporizador será exibido como uma notificação.

The YouTube app could finally get a sleep timer (APK teardown) – Android Authority

“Pode redefinir o cronómetro ou clicar em concluído para continuar a ver”, refere uma possível opção de diálogo. Por outras palavras, pode sempre intervir se quiser ouvir ou ver durante mais tempo.

Esta será, no entanto, uma adição tardia à aplicação YouTube, especialmente tendo em conta que o YouTube Music oferece um temporizador. Os utilizadores de smartphones Android tiveram de recorrer a aplicações de terceiros e a soluções alternativas para obter uma funcionalidade semelhante no YouTube. Entretanto, os utilizadores do iPhone podem definir um temporizador para todo o sistema.

Esperamos também que o temporizador da aplicação do YouTube acabe por ter uma opção de “fim de vídeo”, tal como a definição de “fim de música” do YouTube Music. Esta opção interromperia a reprodução quando chegasse ao fim de um vídeo. Mas ainda não há indícios desta opção.

Mas há outra novidade a caminho

Muitas vezes, precisamos de algum contexto adicional quando estamos a ver vídeos do YouTube. Pode estar a ver um vídeo sobre um tópico sensível que não percebe muito bem. Também pode ver um vídeo com informações desatualizadas ou factos inexatos. Este é um grande problema em qualquer plataforma, e o YouTube está a tentar combatê-lo.

Conhecerá a mecânica desta funcionalidade se estiver familiarizado com a funcionalidade Notas da Comunidade no Twitter. Trata-se de um programa que permite aos utilizadores verificar os factos publicados na plataforma e apresentar as respectivas alterações. Sem dúvida que esta funcionalidade tem ajudado a evitar alguma desinformação grave.

YouTube notas

Bem, parece que o YouTube inspirou-se nesta funcionalidade. Esta experiência do Labs funciona praticamente da mesma forma. Uma nota surge logo abaixo da pré-visualização da descrição do vídeo. Será a terceira coisa que verá no ecrã depois da pré-visualização da descrição e do próprio vídeo.

A nota começa com “os espectadores adicionaram uma nota”.

Por baixo, verá uma pré-visualização da própria nota. A pré-visualização mostra uma quantidade significativa de texto antes de se cortar. O que é interessante nesta funcionalidade é que as notas também podem apontar para momentos específicos do vídeo. Assim, se estiver a verificar os factos de um vídeo de uma hora, pode apontar para um momento específico. Nas notas, os utilizadores podem colocar ligações a outros sites para obter informações adicionais.

De um modo geral, parece uma funcionalidade muito útil, mas é possível que não seja muito utilizada durante algum tempo. De momento, o YouTube está apenas a testar a funcionalidade Notas. Está a ser testada entre um “número limitado de colaboradores elegíveis”. Uma vez que o teste é tão limitado, não se sabe quando é que o YouTube a vai disponibilizar ao cidadão comum.

Entretanto as Notas não servirão apenas para travar a desinformação. Assim poderão também servir para assuntos menos sérios. Tal como o YouTube referiu, as notas servem apenas para dar um contexto extra não explicado no vídeo.

Siga a Leak no Google Notícias e não perca todas as informações mais importantes.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também

35 graus é suficiente para perder esta autonomia no seu VE!

Nenhum automóvel escapa ileso a condições climatéricas mais extremas. Com as temperaturas a aquecer, sobretudo esta semana, os proprietários de veículos eléctricos confrontam-se com...

Anda a ver CAPTCHAs a toda a hora? Esta é uma das razões!

Se utiliza uma rede privada virtual (VPN) enquanto navega ou para aceder a streaming, é provável que resolva mais CAPTCHAs do que gostaria. O...

Tem a certeza que está a utilizar o para-sol de forma correta?

A utilização de um para-sol quando estaciona sob luz solar direta é uma forma fácil, económica e comprovadamente eficaz para combater o calor e...

Estas são as causas da baixa pressão do óleo no seu automóvel!

A maioria das pessoas sabe que o óleo é um componente vital para os motores de combustão interna que alimentam a maioria dos nossos...

Pixel 9 – Afinal… Revolução ou mais do mesmo!?

No mercado atual de smartphones, é muito mais comum ver as fabricantes a apostar em atualizações incrementais, em vez de novidades realmente inovadoras e...

Cinco anos de prisão devido à IPTV: autoridades à caça! 

Os gastos mensais não param de aumentar para milhares de portugueses. Afinal de contas todos os serviços estão de uma forma geral mais caros...

Newsletter Leak

Receba todas as notícias e destaques diretamente no e-mail. É grátis!

Artigos relacionados