YouTube: se tem filhos adolescentes esta novidade é para si!

A Google adicionou novas funcionalidades ao YouTube que vão agradar e muito a quem tem filhos. Sobretudo pré-adolescentes e adolescentes. Assim, a partir de hoje, os pais podem escolher três definições de conteúdo no YouTube. Assim, temos o Explorar, Explorar Mais e a Maioria do YouTube. Confuso? Vamos explicar o que significa.

YouTube: se tem filhos adolescentes esta novidade é para si!

Com a opção Explorar ativada, os adolescentes têm acesso a diversos conteúdos marcados para mais de 9 anos. São exemplo disso, vlogs, tutoriais, vídeos de jogos, clipes, notícias, conteúdos educacionais e muito mais.

YouTube filhos

Entretanto no Explorar Mais estão disponíveis conteúdos para maiores de 13 anos. São conjuntos maiores de vídeos e live streams que se enquadram nas mesmas categorias do explorar.

Finalmente, a última opção dá acesso a quase tudo. Menos a conteúdos marcados como sendo para adultos. O mesmo com temas sensíveis.

Para além destas três novidades, os pais podem verificar o que os filhos viram e também o histórico de pesquisa. Claro que também é possível definir as horas passadas a ver conteúdos.

Entretanto e já que falamos do YouTube saiba que há outra novidade.

YouTube filhos

A aplicação do YouTube no Android permite ver vídeos com uma resolução 4K. Para isto tudo o que necessita é de ter um smartphone que seja compatível com esta qualidade. Claro que também precisa de uma boa ligação à Internet. No entanto, agora há mais pessoas que poderão ter acesso a esta super resolução. Dito isto, pelo menos para alguns utilizadores, vai ser possível ver vídeos 4K em dispositivos com baixa resolução.

YouTube no Android acaba de ganhar uma grande novidade!

Esta informação começou a ser abordada no subreddit do YouTube. De facto, os screenshots partilhados pelo utilizador u/Liskowskyy mostram que a app agora mostra resoluções de vídeo até 2160p60. Isto seja qual for a resolução do ecrã onde os conteúdos estão a ser vistos.

Quanto a isto há duas opiniões. Uns dizem que esta mudança não foi intencional. No entanto, um utilizador referiu que pode não ser assim e muito menos se trata de um bug. A propósito disto o site do XDA testou a visualização de conteúdos 4K num dispositivo com um ecrã 1080p. O resultado foi muito melhor quando se viu tudo a 2160p60. Ou seja, mais uma prova que isto pode ter sido feito de propósito. Embora, sem querer, isto vá acabar por criar mais carga na rede.

YouTube filhos

Outra pessoa revelou num comentário que as melhorias devem-se ao facto dos vídeos com uma resolução mais elevada terem um bitrate maior e como tal uma compressão menor. Essa compressão nota-se principalmente em cenas com muito movimento.

Para além disso correr vídeos de alta-resolução num dispositivo com um ecrã de baixa resolução melhora ainda mais os detalhes, devido ao downscale.

Sem dúvida excelentes notícias.

Pode ler mais sobre isto aqui.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Enquanto joga FIFA 22 são estas as músicas que vai ouvir!

Todos os anos vemos um novo novo jogo FIFA a chegar ao mercado. Sendo que apesar de não mudar muita coisa no que toca...

Microsoft vai mesmo apostar no Surface Duo 2! Vale a pena?

Quando a Microsoft anunciou originalmente o seu Surface Duo, o mundo dos smartphones tremeu! Afinal de contas, a gigante Norte-Americana, que no passado até...

(Análise) Corsair M65 RGB Elite: Diferente do resto!

Já perdi a conta ao número de ratos gaming que me passaram pelas mãos, que na verdade, são todos farinha do mesmo caso... É...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!