YouTube, Facebook e Twitter podem acabar na Rússia!

Os grandes gigantes da Internet são normalmente alvo de muita controvérsia. Por exemplo, a Google pediu desculpa por ações conspiratórias para neutralizar as rígidas regras da UE. Entretanto, parece que a Rússia também detetou atividades duvidosas por parte de gigantes da tecnologia dos EUA, como YouTube, Twitter e Facebook.

YouTube, Facebook e Twitter podem acabar na Rússia!

Revelado pelo jornal Financial Express, o Parlamento russo redigiu uma legislação contra os gigantes da tecnologia dos EUA. Assim, os reguladores vão bloquear as plataformas sociais. Falo do Facebook, Twitter e YouTube. Claro, se forem consideradas culpadas das acusações. Com esta legislação, o parlamento pretende restringir as empresas com ações duvidosas.

YouTube Rússia

A razão é o crescente número de reclamações contra essas empresas. Entretanto outros países como a Inglaterra também estão a considerar regras mais rígidas de regulamentação.

Dito isto, a legislação já foi aprovada pela câmara baixa do parlamento (Duma). Uma declaração do parlamento russo afirma que as autoridades não vão poupar nenhuma empresa. Isto em caso de incumprimento. Claro que agora ainda falta a aprovação da câmara alta. Para além disso terá também de ter o consentimento do Presidente. Seja como for, diz-se na Rússia que isto são apenas formalidades.

YouTube Rússia

De facto, todas as plataformas sociais têm estado debaixo de fogo. Assim, o Twitter recebeu recentemente uma grande multa na Irlanda. Nos Estados Unidos, a Google e o Facebook estão também a enfrentar problemas.

Há muitas questões relacionadas com as redes sociais. Mas as principais dizem sempre respeito às questões de privacidade. Já se falou muito de que não há almoços grátis. Assim, se estas redes, como o Facebook são grátis alguma coisa deverão ganhar com os utilizadores. O mesmo com outros serviços como o Instagram, o Twitter ou outros.

Se isto for para a frente será curioso percebermos como é que irá reagir uma Rússia sem as plataformas americanas. Mas o que é certo é que até já está a ser preparada uma alternativa ao TikTok. Curiosamente pela mão da filha de Putin.

O que acha disto? Conte-nos tudo nos comentários.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também