YouTube faz knock out ao Presidente dos Estados Unidos

O YouTube removeu um novo vídeo carregado pelo presidente dos EUA, Donald Trump. Tudo porque violou políticas de conteúdo da empresa sobre incitação à violência. De acordo com os protocolos em vigor, a conta também recebeu um “strike”. Para além disso, o utilizador (seja o presidente Trump ou qualquer um dos seus assessores com acesso à conta) não poderá carregar novos conteúdos. Isto durante pelo menos uma semana. Neste momento, ainda não está claro se foi o próprio vídeo que justificou a ação do YouTube na conta ou se foi algum texto mais ofensivo. De facto, o YouTube ainda não forneceu uma declaração definitiva sobre o incidente. Para além disso recusou-se a fornecer detalhes específicos sobre o assunto.

YouTube Presidente

YouTube faz knock out ao Presidente dos Estados Unidos

No entanto, a decisão foi tomada após se analisar os incidentes violentos. Isto porque o YouTube não quer contribuir para mais confrontos. Entretanto segundo a plataforma de vídeos o canal está impedido de enviar novos vídeos ou transmissões ao vivo por sete dias, em primeira instância.

Mas o YouTube foi ainda mais longe e assim removeu conteúdos do canal oficial da Casa Branca. De facto, dois vídeos que estavam na página oficial da Casa Branca no YouTube foram removidos. Estavam relacionados com o Presidente Trump. Além disso, os comentários sobre os vídeos do presidente Trump foram desativados indefinidamente. Mais uma vez na base da questão estão “preocupações contínuas sobre a violência”.

No caso de Trump isto está a tornar-se uma tendência. Antes o YouTube removeu um vídeo de Trump no qual ele se dirigia a uma multidão que assaltava o Capitólio e também continha alegações falsas sobre os resultados das eleições. Em resposta ao ataque sem precedentes pelo presidente cessante, o YouTube instituiu no mês passado uma nova política. Na prática proíbe conteúdo de qualquer tipo destinado a espalhar desinformação sobre o resultado das eleições presidenciais dos EUA de 2020.

O que acha disto? Conte-nos tudo nos comentários.

Fonte

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também