YouTube Music passa a permitir o download de músicas

O YouTube Music tem vindo a receber diversas funcionalidades nos últimos meses, no entanto faltava o download. Recentemente passámos a ter a possibilidade do assistente de voz da Google iniciar a reprodução de playlists pessoais. Entretanto, temos também acesso às letras das músicas. Por fim, destaca-se a experiência melhorada no Android TV. Agora a mais recente novidade fala da possibilidade de descarregarmos música. Mas isto só ao nível das músicas que carregou.

YouTube Music passa a permitir o download de músicas

As pessoas que não pagam por contas premium podem agora descarregar uma lista de reprodução que contenha músicas carregadas. Todas essas faixas podem ser reproduzidas offline. Claro que até aqui, os utilizadores com contas grátis podiam fazê-lo. No entanto, não era possível descarregar uma lista de reprodução completa. Entretanto esta funcionalidade chegou ao Android e o iOS, ao mesmo tempo, o que é sem dúvida uma boa notícia.

YouTube Music download

Os uploads pessoais eram uma das melhores coisas que estavam presente no Google Play Music. Conviviam ao lado das faixas oficiais e podiam ser descarregadas em listas de reprodução e editadas para adicionar capas personalizadas e metadados. Até era possível fazer o upload de GIFs como capas. Ora como isto era muito popular, o YouTube Music resolveu apostar também nesta funcionalidade. No entanto, a implementação deixou muito a desejar. Esta última atualização torna a experiência um pouco melhor. Embora ainda falte a possibilidade de editar os metadados.

Entretanto esta não é a única novidade.

Ora, depois da app da Google ter recebido pormenores interessantes como o separador Explorar, agora há mais um addon. É que agora o YouTube Music acaba de receber os tops globais com possibilidade de vermos os êxitos por país.

YouTube Music acaba de receber os tops globais por país!

Assim, o separador Explorar (Explore) tem agora a secção YouTube Charts. É aí que estão de facto as músicas mais populares para 57 países. Até aqui só era possível ver o TOP 100 de músicas e vídeos, tudo à mistura.

YouTube Music download

Quer saber quais as músicas mais populares em França? E em Espanha? Com esta funcionalidade tem acesso imediato a tudo. Falo do top músicas, vídeos, artistas e conteúdo na moda.

Para além desta novidade, há outra e até mete o assistente da Google e o Android Auto à mistura. Assim, vai ser possível, através de comandos de voz, reproduzir playlists geradas pelo utilizador. Isto é algo que já devia ter estado disponível desde o início.

Apesar da Google não ter dito nada sobre isto, alguns utilizadores já estão a ter direito a esta capacidade. Assim quem está a correr o YouTube Music tem apenas de dizer “Hey Google, play playlist”. Este comando ainda não está disponível em português. Dizendo isso não precisa sequer de falar no YouTube Music. É que o assistente da Google vai lançar logo essa aplicação.

Isto, por si só, mostra uma coisa. É que o YouTube Music é o leitor multimédia preferido para Android e para o Android Auto. Claro que não é de estranhar. Afinal de contas é o substituto do Play Music e que tem de ser empurrado com todas a força.

No entanto, há utilizadores que não estão satisfeitos com isto.

Quem não passa sem o Android Auto refere que o YouTube Music está longe de garantir uma experiência agradável. Um dos principais problemas está relacionado com o modelo de subscrição premium. É que quem não tiver este modo não é capaz de ouvir as suas próprias bibliotecas. Isto a menos que paguem.

Fonte

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também