YDreams recria Lisboa do Antigamente


Por em

A YDreams associou-se à Câmara Municipal e à Associação de Turismo de Lisboa para a criação do Lisbon Story Centre. Esta exposição, inaugurada hoje, é um centro interpretativo da história da cidade que alia tecnologia ao rigor histórico.

Localizado no renovado Terreiro do Paço, o Lisbon Story Centre conta com uma área de dois mil metros quadrados, onde a tecnologia YDreams oferece uma viagem de uma hora pela história de Lisboa (da fundação da cidade à revolução de 25 de Abril de 1974).

Ao longo desta viagem pelo tempo, os visitantes poderão ainda conhecer os odores das especiarias que motivaram a expansão marítima portuguesa. Outro destaque é a maqueta da cidade pré-pombalina, que permite imaginar como era a cidade antes do terramoto e que ajuda a contextualizar o património apresentado.

“O objectivo desta solução foi criar interacção com os visitantes da cidade, mas também com os habitantes locais”, referiu Filipe Caldas de Vasconcellos, Global Managing Director da YDreams. “Através da criação das soluções de ponta da YDreams, o Lisbon Story Centre apresenta aos seus visitantes a experiência «Lisboa», mostrando-lhes a evolução que a cidade atravessou nos últimos séculos de uma maneira descomplicada e moderna, que é também interessante para quem mora na cidade mas desconhece a evolução que esta sofreu nos últimos séculos”.

Em específico, a YDreams desenvolveu um interface que concentra toda a informação necessária para a visita ao Lisbon Story Centre. O Screensaver da aplicação antecipa os conteúdos disponíveis e convida os visitantes à interacção com o ecrã. O utilizador tem acesso a um texto introdutório alusivo à malha urbana da cidade e aos vários conteúdos a que pode ter acesso.

Um dos pontos altos do LSC é, porém, uma reconstituição a quatro dimensões do terramoto de 1 de Novembro de 1755, que arrasou a cidade quase por completo. Nesta demonstração é possível sentir a terra a tremer, e existe também uma representação teatral ilustrativa do que aconteceu naquele dia.

Outra das principais características desta solução é o Interface de Exploração dos Percursos, que mostra uma vista aérea da cidade de Lisboa, com pontos notáveis georreferenciados. Acerca de cada um destes locais é possível ler conteúdos, e a visualização pode ser arrastada pelo ecrã, possibilitando a exploração detalhada da malha de Lisboa. É também possível explorar percursos realizados nos arredores da cidade.

Já o interface de exploração dos eventos mostra uma lista de imagens dispostas em “carrossel”, denunciando todos os momentos históricos disponíveis para exploração e enquadrando-os temporalmente através de uma linha cronológica e desenvolvendo uma animação associada. Ao tocar na seta, o utilizador têm acesso a um texto explicativo

Uma animação esquemática ilustra a acção. O interface do touchscreen contém, também, duas setas que permitem a navegação sequencial pelas imagens projectadas na parede que encabeça a maquete e que ilustram cada evento seleccionado pelo utilizador. Um segundo controlador permite controlar a animação associada a cada evento que se desenrola sobre a maquete.

Existe também um slideshow de imagens que anima a projecção e convida o visitante a aproximar-se para descobrir a interacção, funcionando como detecção da presença do visitante. Esta solução visa a percepção das diferenças entre duas imagens coincidentes mas de épocas distintas, dando a entender que tipo de evolução se registou.

Leia também

Ou veja mais notícias de Especiais

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Etiquetas

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.