Xiaomi Mi Mix 3: Chega a 15 de Outubro com muitas novidades


Por em

A série Mi MIX tem sido um sucesso desde que foi lançada em 2016. Agora, a Xiaomi está pronta para lançar o quarto telefone da série chamado Mi MIX 3. Depois das imagens deste equipamento terem chegado à Internet, na altura da IFA, eis que parece já existir uma data oficial de lançamento.

A imagem que apareceu online revela que o Mi MIX 3 será lançado a 15 de outubro, ou seja, daqui a duas semanas. Embora não haja como confirmar a autenticidade da imagem, o mês de Outubro já estava confirmado por responsáveis desta empresa

Vamos então olhar para as caraterísticas principais que vão marcar este dispositivo!

Xiaomi Mi Mix 3: Uma câmara pop-up para selfies

O Xiaomi Mi Mix 2S possui um painel frontal super fino e não tem uma monocelha, o que parece interessante. No entanto cria um problema – onde é que se coloca a câmara
para selfies? Até aqui a solução da Xiaomi era colocá-la no painel inferior, o que não é muito interessante. Isto dava origem a uma moldura mais grossa e dificultava a captura das selfies e a realização de videochamadas.

Esperamos que isto mude no Xiaomi Mi Mix 3. Era interessante vermos este fabricante a optar por uma câmara para selfies que aparece na parte superior, semelhantes às encontradas no Vivo Nex e no Oppo Find X. Isto daria ao dispositivo uma vibe futurista e iria resultar numa maior proporção ecrã-corpo.

Xiaomi Mi Mix 3

Com base na imagem do Xiaomi Mi Mix 3 (acima) colocada on-line pelo presidente da empresa e num suposto vídeo do dispositivo (abaixo) partilhado por Ben Geskin no Twitter, é bem provável que isto aconteça. Ambos mostram que o smartphone possui um mecanismo deslizante que revela a câmara para selfies.

No entanto, o mecanismo é acionado manualmente e não por motor, o que parece pouco futurista – mas pelo menos não terá de se preocupar com o facto do motor se avariar e perder o acesso à câmara.

Xiaomi Mi Mix 3: Maior disponibilidade

O problema com os Mi Mix e com a maioria dos equipamentos da Xiaomi é que não está facilmente disponível em muitas partes do mundo.

Seria muito interessante que a Xiaomi entrasse de vez em Portugal e até fizesse acordos com as operadoras. Seria sem dúvida uma das melhoras formas de generalizar estes equipamentos e permitir que os consumidores os adquirissem pelo preço que custam na China.

Xiaomi Mi Mix 3: Um novo design original

Um dos maiores problemas com a Xiaomi é que acaba por copiar os concorrentes – especialmente a Apple. Por exemplo, a parte traseira do Mi Mix 2S é muito semelhante à do iPhone X, com seu arranjo vertical de câmara dupla no canto superior esquerdo. Eventualmente, a Xiaomi deverá mudar a sua estratégia com o Mi Mix 3, optando por um design novo e original.

No que diz respeito à parte frontal do dispositivo, seria interessante um painel inferior mais fino. Isto provavelmente acontecerá se o Mi Mix 3 vier com a tal câmara pop-up.

Xiaomi Mi Mix 3: Uma variante Android One

Há quem não goste da interface MIUI que vem nos equipamentos da Xiaomi. Eu sou suspeito porque adoro a interface, desde há alguns anos. É algo semelhante ao iOS e como a da Huawei não tem gaveta de aplicações.

Sabia que os Telemóveis da Xiaomi já permitem limpar o WhatsApp?

No entanto nem todos gostam desta interface e preferem o Android como ele veio ao mundo. Assim talvez fosse interessante que a Xiaomi criasse uma versão Android One, para os mais puristas.

A Xiaomi já tem alguns smartphones Android One na sua gama de produtos, incluindo o Mi A1 e o Mi A2. Estes dispositivos são bastante populares.

Xiaomi Mi Mix 3: Leitor de impressões digitais no ecrã

Um leitor de impressões digitais no display permite desbloquear um dispositivo colocando o dedo numa determinada parte do ecrã. Tem um ar futurista e, como está “escondido”, dá ao smartphone um aspeto visual mais interessante. Para além disso tem outra vantagem comparativamente aos sensores colocados na parte traseira. É que permitem desbloquear o equipamento quando ele está colocado na mesa para vermos alguma notificação, sem termos de estar a pegar nele.

Isto pode acontecer no novo Mi Mix 3 até porque a Xiaomi já lançou um equipamento com esta caraterísticas, nomeadamente o Mi 8 Explorer Edition.

Um botão dedicado à inteligência artificial

O Xiaomi Mi Mix 3 terá um botão que dará acesso ao Xiao AI, que pode ser utilizado para ativar o dispositivo com um único toque. Existem mais algumas funções que o botão dedicado pode executar. Os utilizadores podem fazer qualquer pergunta ao assistente de IA ​​pressionando e segurando o botão até que o comando termine. A Xiaomi também adicionou uma funcionalidade para adicionar uma função personalizada a este equipamento, ao pressionar duas vezes o botão dedicado.

Se a nova imagem que chegou à Internet for fidedigna, conforme referimos há uns dias, o Mi Mix 3 será um telefone melhorado com uma experiência de IA enriquecida.

Xiaomi Mi Mix 3: o que mais podemos esperar?

Além disso, existem alguns rumores de que o novo dispositivo terá suporte para redes 5G. Lembramos que o Xiaomi Mi Mix 3 terá um ecrã total com uma câmara e outros sensores montados no parte deslizante. Ele terá o chipset Qualcomm Snapdragon 845 integrado. Destaca-se ainda uma placa gráfica Adreno 630. Ele pode estar disponível em diferentes combinações de memória. São elas 6 GB de RAM + 64 GB de armazenamento interno. 6 GB de RAM + 128 GB de memória. 8 GB de RAM + 256 GB de armazenamento.

Câmara traseira dupla e reconhecimento de impressões digitais no ecrã

O Xiaomi Mi Mix 3 vai estar equipado com uma câmara traseira dupla de 20 megapixéis com Estabilização Ótica de Imagem. Deve suportar o carregamento sem fios e também o reconhecimento de impressões digitais no ecrã.

Leia também

Ou veja mais notícias de Android, Especiais

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Ubisoft quer desenterrar o Prince of Persia e Splinter Cell

A Nintendo vai lançar uma nova versão da Switch em 2019!

Seguinte