Xiaomi Mi 10 funciona mesmo depois de ter sido esmagado! Veja!

Ainda me lembro da altura em que a Nokia era rainha e senhora dos telemóveis e desenvolvia equipamentos que eram mesmo resistentes. Aliás o Nokia 3310 é um excelente exemplo disso como muitos memes continuam a comprovar. Era um verdadeiro Chuck Norris dos telemóveis. No entanto, parece que não está sozinho. Todos sabemos que os smartphones são mais frágeis que os telemóveis da altura. Mas há um que parece resistir ao impossível. É que o Xiaomi Mi 10 foi esmagado mas ainda assim continuou  a funcionar.

Xiaomi Mi 10 funciona mesmo depois de ter sido esmagado! Veja!

Xiaomi Mi 10 esmagado

Há alguns dias um utilizador referiu que o seu smartphone tinha sido esmagado por um autocarro. A parte traseira ficou totalmente danificada mas para surpresa de todos ele continua a poder ser utilizado.

A olhar para a foto não há dúvida que se trata do Xiaomi Mi 10. A parte que ainda está pior de todas é a câmara. Todo o módulo está muito danificado.

No entanto a parte frontal do smartphone até está muito bem, exceto o funcionamento do ecrã. Tem uma risca de cima abaixo.

Xiaomi Mi 10 esmagado

Lembro que o Xiaomi Mi 10 aposta num ecrã AMOLED de 6,67 polegadas com um furo que suporta uma taxa de atualização de 90Hz. Num dispositivo que tem a moldura inferior bastante fina, temos um painel com suporte para 1120nit de brilho e uma taxa de contraste de 5000000: 1.

Xiaomi Mi 10 esmagado

Temos ainda dois sensores de luz dianteiros e traseiros, o que dá maior precisão ao brilho automático. Ao nível do som temos um sistema simétrico com alto-falantes lineares duplos.

Xiaomi Mi 10 esmagado

Este dispositivo aposta no chipset Qualcomm Snapdragon 865. Tem, claro está, suporte para 5G e para os dois modos SA / NSA. Temos ainda a nova geração de memória LPDDR 5 e um sistema de armazenamento UFS3.0. Ou seja, mais rápido e que fornece uma velocidade de gravação de até 730 MB/s. A nova aposta também suporta Wi-Fi 6 e assegura uma taxa de transferência de 9,6 Gbps.

Entretanto no caso do arrefecimento, a Xiaomi afirma que este smartphone chega com um excelente sistema de refrigeração.

Assim temos uma combinação entre um sistema de arrefecimento liquído + grafeno + sistema de grafite multicamadas.

Ao nível da autonomia, o novo Xiaomi integra uma bateria de 4780 mAh que suporta carregamento rápido com flash de 30 W. Temos também carregamento rápido sem fios de 30 W e carregamento inverso sem fios de 10 W.

O Xiaomi Mi 10 vem com um sensor personalizado de 108MP. Assim uma parte interessante deste sensor é que suporta estabilização ótica de imagem anti-vibração. Além disso, este dispositivo suporta um formato HEIF mais eficiente. Isto economiza bastante espaço de armazenamento compactando todos os ficheiros multimédia sem reduzir a qualidade. A câmera também tem um modo de disparo avançado, que pode eliminar sombras de forma inteligente.

Xiaomi Mi 10 esmagado

Entretanto este dispositivo vem com uma configuração de câmara quádrupla. Logo à partida temos uma câmara principal de 108MP. Depois temos outra de 13MP ultra grande angular. Para garantir boas fotografias ao perto existe também um sensor macro de 2 MP que se junta a outro sensor de profundidade também com 2 MP.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também