Xiaomi encareceu muito na gama alta. Esta é a razão!

Como deve saber, o Xiaomi 13 Pro é agora oficial na Europa, chegando às prateleiras Portuguesas a uns impressionantes 1399€. É, antes de mais nada, um aparelho incrível! Que até já tivemos a oportunidade de testar. Porém, vem com um preço assustador, que muitos especialistas estão a ver como um gigantesco risco, ou até um tiro no pé.

No entanto, a Xiaomi sabe muito bem o que está a fazer! É um plano a longo prazo, e o risco é aparentemente calculado.

Xiaomi encareceu muito na gama alta. Esta é a razão!

Xiaomi 13 Pro

Portanto, a Xiaomi é uma óbvia rival ao domínio que as velhas Samsung e Apple têm no mundo mobile. Isto, ao ser capaz de lançar produtos para todos os gostos, feitios, e claro, carteiras.

Porém, apesar de todo o poderio da gigante Chinesa no mundo dos smartphones, a verdade é que nas gamas mais altas, os consumidores continuam a olhar para a Xiaomi como uma fabricante amiga da carteira, que aposta quase sempre na qualidade/preço.

- Advertisement -

Isto é algo que tem vindo a mudar ao longo dos últimos anos, e que muito honestamente começou a ser mais notório com o fim da marca ‘Mi’ e adoção em pleno da marca ‘Xiaomi’. Algo que veio assinalar uma mudança de estratégia, e uma mudança na forma como a própria gigante Chinesa se vê no mercado

Foi sempre uma questão de tempo! Sabe porquê? Porque a Xiaomi é uma das fabricantes mais bem posicionadas para dividir o mercado por gamas de preço.

Sim, a Xiaomi é rival da Samsung e Apple no volume de vendas. Porém, nas gamas altas, a gigante Chinesa não é ainda capaz de rivalizar com o branding das suas duas velhas rivais.

xiaomi 12S, Ultra

A grande maioria das vendas, que por sua vez fazem todo este volume, vem das submarcas Redmi e POCO. Duas submarcas, que aos poucos, têm ganha todo um outro nível de importância no ecossistema Android. Como? Porque são muito associadas à Xiaomi, algo que nunca aconteceu com a Honor no caso da Huawei, ou com a Realme no caso da Oppo. São duas submarcas que estão a ser capazes de aproveitar tudo aquilo que a Xiaomi tinha conseguido nos anos anteriores.

Assim, com a Redmi e POCO a tomar conta deste mercado, a Xiaomi quer começar a subir de qualidade, e de preço, para se assumir como uma fabricante ultra-Premium, ao mesmo nível de uma Samsung ou Apple desta vida.

Em suma, os Xiaomi 12S do ano passado, nomeadamente o modelo Ultra, já foram uma tentativa de engradecer a gigante Chinesa no mercado. Agora, com a gama Xiaomi 13, e ademais acessórios a acompanhar o mais recente lançamento a serem capazes de demonstrarem o objetivo real da fabricante no mercado Global.

Ao fim ao cabo, caso ainda não tenho percebido, não foram só os smartphones a aumentar de preço, o novo relógios, earbuds, e trotinete, tudo produtos dentro da marca Xiaomi, estão também apontados a um mercado mais premium.

É uma mudança de paradigma, e uma grande aposta da Xiaomi! Se vai correr bem? Bem… Apenas o tempo dirá!

 

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, fui sempre aquele membro da família que servia como técnico ou reparador de tudo e alguma coisa (de borla). Agora tenho acesso a tudo o que é novo e incrível neste mundo 'tech'. Valeu a pena!

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.