Xiaomi Black Shark Helo chega à Europa a 16 de Novembro

Em outubro, a submarca Black Shark, da Xiaomi, lançou o telemóvel para jogos Black Shark Helo como o primeiro smartphone a integrar 10 GB de RAM. Este dispositivo já está disponível para compra na China. Agora há boas notícias para quem o quer adquirir na Europa. É que segundo um e-mail que começou a circular na Internet, este dispositivo vai ser global no dia 9 de novembro.

Será que este dispositivo é uma boa opção?

Black Shark Helo: Uma das grandes diferenças está no ecrã

O ecrã é provavelmente onde estão as principais melhorias. A Xiaomi trocou um painel LCD por um ecrã AMOLED. Isto nos jogos mais “escuros” vai ser top! De resto, temos o mesmo ecrã de 6 polegadas com uma resolução de 660 x 1.080 pixéis. Ainda a propósito da mudança para a tecnologia OLED, para além do ecrã com tons escuros verdadeiramente escuros, importa salientar também a poupança de energia.

Helo

Transformação de conteúdos SDR em HDR

À semelhança da primeira versão, o Black Shark Helo utiliza um processador de vídeo da Pixelworks para garantir melhorias na qualidade da imagem. Para além destas melhoras, destaca-se também a capacidade de melhorar os conteúdos do SDR para o HDR, como acontece no Nokia 7.1. Claro que neste momento ainda não é certo que esta tecnologia traga grandes ganhos. Ainda assim, queremos testá-la em breve.

Chipset Snapdragon 845 e até 10GB de memória RAM

Olhando para os aspetos mais técnicos, o Black Shark Helo vem com um chipset Snapdragon 845. A isto junta-se uma capacidade de memória entre 6 GB e 10 GB. A nova aposta da Xiaomitem ainda 128 GB ou 256 GB de armazenamento.

O novo telemóvel para jogos vem com uma bateria de 4.000 mAh. Isto dá para mais de um dia de utilização. A isto juntam-se altifalantes frontais. Já que falamos em áudio, importa destacar que não existe nenhuma saída para auscultadores.

A nível estético é um dispositivo interessante que foi buscar uma ideia da ASUS. Basicamente adicionou uma faixa de luz LED personalizável na parte lateral do smartphone.

Para tornar os jogos mais interessantes, esta empresa introduziu uma funcionalidade que é muito bem vinda. Na prática, permite ao utilizador ajustar o processador, o ecrã, a sensibilidade ao toque, o acesso à Internet, entre outros, para garantir a melhor experiência de jogo. Outro aspeto muito bem vindo é que estas configurações podem ser partilhadas com outros utilizadores.

É uma ideia inteligente, especialmente quando jogamos títulos que estão pouco otimizados para este hardware tão potente.

Configuração de câmara dupla

Ao nível das câmaras tem uma configuração de câmara dupla na parte traseira com sensores de 12MP + 20MP e abertura f/1.75. Importa destacar também a câmara para selfies com 20 megapixéis e abertura f/1.75.

Os acessórios

Ao nível dos acessórios estão logo disponíveis dois. Fazem parte do gamepad e encaixam em cada um dos lados do telemóvel. No entanto, nem todos os modelos vêm com dois. O modelo de 6GB de memória e 128GB de armazenamento vem apenas com um. Já a variante com 10GB (a mais cara) vem com dois.