Windows 11: o melhor e o pior do novo sistema operativo

Desde que o Windows 11 foi apresentado que ficámos com a sensação de que iria agitar as águas. De facto, estávamos habituados a lançamentos do Windows sem chama. No entanto, a Microsoft conseguiu tornar o novo sistema operativo em algo realmente apetecível. Aliás a enorme procura pela versão preview mostrou isso. De facto, foi tanta que até levou a que várias pessoas ficassem infetadas por tentarem instalar versões falsas. Agora que chegou a versão beta é uma excelente altura para olharmos para o que há de melhor e pior no Windows 11.

Windows 11: o melhor e o pior do novo sistema operativo

O design: sem dúvida o melhor do Windows 11!

É verdade que todas as pessoas podem não ter a mesma opinião mas o design é sem dúvida um dos pontos fortes do novo Windows. A Microsoft teve bastante cuidado com tudo. É curioso que olhando para as primeiras informações parecia que tudo se ia resumir a cantos redondos e a uma pequena pintura. No entanto é muito mais do que isso. As notificações e uma nova barra de tarefas são tudo elementos muito importantes. Tudo está muito cuidado e atrativo. O Windows era aquela coisa chata que nunca mudava. Sobretudo com um aspeto muito mais empresarial. Agora está voltado para o consumidor, mais parecido com o macOS e sobretudo mais intuitivo. Assim, uma das melhores coisas do novo Windows 11 é sem dúvida o design.

Windows 11 melhor

Mas ainda existem inconsistências…

Ainda assim nem tudo é perfeito na nova interface. Por exemplo, ainda há várias inconsistências. Especialmente entre secções diferentes. Isto apesar de na app de definições as coisas já estarem bem melhores do que acontecia no Windows 10. No sistema operativo anterior tínhamos várias coisas com o novo design e outras com o design antigo. Agora o design está mais unificado mas ainda há muito trabalho pela frente. Tenho a certeza que até o Windows 11 sair tudo estará melhor.

Windows 11 melhor

Uma loja que mudou muito para melhor

A loja da Microsoft sempre foi como aqueles sítios que sabemos que existem mas nunca lá vamos. De facto, nunca foi muito atrativa, nem para os programadores, nem para os utilizadores. No entanto tudo está a mudar. Dito isto, a Microsoft jogou duas cartadas. A primeira ao nível do design e desempenho. Está tudo muito mais intuitivo e sobretudo mais rápido. Mas existe outra grande jogada que vai fazer o número de aplicações aumentarem. Logo à partida os programadores podem agora publicar diretamente as apps Win32 sem terem de estar a convertê-las num pacote que incluía outros componentes. UWP ou Desktop Bridge. Agora é só publicar e já está. Assim temos agora um acesso rápido ao download de browsers, Microsoft Teams, VLC e outras.

Windows 11 melhor

Mas ainda há muito a provar

Apesar de tudo o que a Microsoft fez ainda é preciso provar muita coisa. Tem de conseguir realmente chamar os programadores. É que caso as pessoas não comecem a publicar as suas apps na loja da Microsoft de nada vão servir estes esforços.

Menu Iniciar: para muitos o melhor do Windows 11 e para outros o pior

Têm surgido muitas críticas ao novo menu Iniciar. Sinceramente não acho que esteja nada mau. Curiosamente quem acaba por gostar mais do novo menu do Windows são as pessoas que estão mais habituadas ao macOS. Isto porque no sistema operativo da Apple também temos as apps ao centro, só que é numa dock. Assim eu diria que também é uma das melhores coisas do sistema operativo. Para além disso, consegue dar-nos um acesso rápido à maioria das aplicações de uma forma bastante rápida e organizada.

Mas que está a irritar muitos utilizadores

Muitas pessoas queixam-se de que o Menu Iniciar, logo a seguir à instalação, está cheia de coisas que não queremos. Pior ainda é que aquelas apps que utilizamos estão escondidas através de um botão. Assim é necessário carregarmos em all apps para termos acesso a tudo.

Barra de Tarefas: outra das grandes novidades

A barra de tarefas está um pouco diferente. Está mais polida, um pouco maior e bem definida. No entanto, apesar de ter sido bem recebida está a motivar muitas queixas. Recentemente revelámos que a barra de tarefas deixou de suportar o arrastar de aplicações para lá. Isto foi algo que revoltou muitas pessoas.

Imagem: WindowsLatest.com

É que trata-se de algo que sempre aconteceu. No entanto, ficaram “calmas” porque afinal estamos perante uma versão preview que ainda pode ter algumas falhas. No entanto, a Microsoft revelou que isto não é um bug. O Windows 11 abandonou esta função para sempre. O resultado foi uma enorme revolta por parte da comunidade. Abaixo podemos ver a resposta da Microsoft.

Windows 11 pior

Por causa disto muitos utilizadores referem que a nova barra de tarefas é um downgrade. De facto, ainda foram mais longe. Dizem que não faz sentido acabar com funções que estão no Windows há bastante tempo. Referem ainda que as novas versões devem trazer mais funcionalidades e não acabar com as antigas.

Mas há outra coisa que desapareceu. É que agora já não é possível mostrar os segundos nas horas que surgem na barra de tarefas.

Até aqui ainda havia um hack no registo para este efeito. No entanto, agora já não funciona. Entretanto para quem o quer continuar a fazer terá de utilizar uma aplicação de terceiros.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Memória RAM DDR5 vai desiludir no início do seu ciclo de vida

Como deve saber, a memória RAM DDR5 está prestes a chegar ao mercado! De mãos dadas com a nova família de processadores Intel Core...

Sir Clive Sinclair: morreu o grande pai do ZX Spectrum!

Hoje é um dia triste, especialmente para quem é fã do Spectrum ou teve a sorte de conviver com este computador fantástico. É que...

Netflix falhou redondamente com este novo filme! Já viu?

É inegável o facto de que a Netflix é um verdadeiro poço de sucessos em todo o mundo. Afinal e contas, existem séries e...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!