Windows 11: carregamento dos jogos vai ficar ultra-rápido!

A Microsoft anunciou em 2020 que a API DirectStorage chegaria ao seu sistema operativo Windows. O DirectStorage, que estreou na consola Xbox da Microsoft, prometia tempos de carregamento mais rápidos, reduzindo a sobrecarga no CPU e aumentando a taxa de transferência. Agora há uma nova versão desta tecnologia que vai deixar o carregamento de jogos no Windows 11 mais

Windows 11: carregamento dos jogos vai ficar ultra-rápido!

Esta novidade chegou para ser exclusiva do Windows 11. No entanto a Microsoft revelou um ano depois que o DirectStorage também chegaria aos PCs com Windows 10. A empresa lançou a primeira versão estável da API DirectStorage para Windows em março de 2022.

Logo à partida o DirectStorage exige que os jogos sejam instalados em unidades NVMe rápidas, pois o benefício da tecnologia é maior nesse caso. Seja como for até nos discos mais antigos se nota diferença. No entanto não são tão notórias.

Agora a Microsoft disponibilizou um olhar sobre o DirectStorage 1.1 para Windows. Uma das principais novidades da API atualizada é o suporte para descompactação no processador gráfico.

- Advertisement -

A descompressão no GPU promete tempos de carregamento mais rápidos, movendo os processos de descompressão do CPU para a GPU. De acordo com a Microsoft, a descompressão no processador gráfico melhora o tempo de carregamento em quase três vezes. Um benefício adicional é a queda da carga no CPU durante as tarefas.

Traduzido em números, o tempo de descompressão foi reduzido de 2,36 para 0,80 segundos e a carga do CPU caiu de 100% para 15,08%

. Os ganhos são promissores, mas é necessária uma verificação independente. Tudo porque estes valores foram apresentados pela Microsoft. Para além disso tudo varia segundo o hardware que o utilizador tem. Afinal de contas há gráficas e gráficas.

Os jogos DirectStorage são compatíveis com o Windows 10 e Windows 11 de acordo com a Microsoft, mas a implementação do Windows 11 apresenta otimizações adicionais não disponíveis no Windows 10. Assim os jogos que usam a nova API terão melhorias de descompactação, o que se traduzirá em tempos de carregamento mais rápidos.

No que diz respeito ao hardware necessário é necessária uma gráfica compatível com DirectX 12 com suporte para Shader Model 6.0. Para se beneficiar de tempos de carregamento mais rápidos em geral, a Microsoft recomenda dispositivos de armazenamento SSD NVMe rápidos.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.