Windows 11: Microsoft vai banir computadores não suportados

Quando a Microsoft lançou as builds do Windows 11 na última semana de Junho, elas chegaram a todos os computadores dentro do canal Dev. Quando falo em todos os computadores falo dos suportados e não suportados. Escusado será dizer que todos os utilizadores esfregaram as mãos por este “truque” funcionar. No entanto os bons tempos podem estar a chegar ao fim. É que o Windows 11 vai banir os computadores não suportados e isto vai ser uma grande dor de cabeça para muitos.

Windows 11: Microsoft vai banir computadores não suportados

Assim quem tiver um computador não suportado e estiver no canal Dev fica banido e vai deixar de receber updates depois do Windows 11 versão 21H2.

Mas afinal o que se passa com o canal Dev?

O canal Dev integrado no programa Windows Insider tem requisitos diferentes do Windows 11. Assim quem tinha hardware não suportado podia instalar, à mesma, o novo sistema operativo. No entanto isto só é possível até ao lançamento oficial. É por esse motivo que depois do lançamento da versão 21H2 os computadores não suportados vão deixar de ter acesso a novidades.

Ainda assim isto não é nada de novo. A Microsoft foi muito clara sobre o facto dos dispositivos não suportados não terem acesso a mais novidades e updates depois da build 22000 do Windows 11.

A imagem abaixo partilhada pelo site WindowsLatest mostra a mensagem que surge.

Assim em breve quem está nesta situação vai ter de voltar ao Windows 10. Isto para poder utilizar o sistema operativo sem problemas e ter acesso às atualizações.

Esta medida da Microsoft foi implementada para evitar grandes problemas com a instalação do Windows 11 nos PCs.

Os requisitos continuam a ser uma questão complicada para os utilizadores

Desde o início as pessoas não perceberam muito bem a questão dos requisitos e sinceramente continuam sem entender. No entanto, há um motivo para tudo isto.

A Microsoft quer garantir que o Windows 11 é o mais estável de sempre e para este efeito é necessário limitar-se o hardware em que este sistema corre. Por exemplo, um estudo da Microsoft revelou que os processadores mais antigos, incluindo os de sétima geração, dão origem a mais problemas.

Lembro que o Windows 11 pede neste momento processadores Intel de oitava geração ou Ryzen 2000 com TPM 2.0 e suporte para Secure Boot.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

NVIDIA decidiu aproveitar chips com defeito!

Nos últimos tempos, temos visto uma grande aposta no lançamento de placas RTX 3060 por parte da NVIDIA. Uma placa gráfica muito interessante, capaz...

Processador ‘limitado’? Sim! Mas o iPad mini 6 impressiona!

Muito provavelmente devido à crise de produção atual, a Apple foi obrigada a utilizar diferentes versões do SoC A15 Bionic, nas suas diferentes gamas...

Microsoft confirmou. TPM 2.0 é obrigatório! Até nas máquinas virtuais

O Windows 11 está mesmo prestes a chegar ao mercado, visto que a sua data de lançamento já foi antecipada do 11.11 para o...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!