ATENÇÃO: Windows 11 junta-se ao sistema operativo Android!

Foi no evento de hoje que a Microsoft confirmou que está a estudar formas de trazer aplicações Android para a Microsoft Store no Windows 11. Panos Panay confirmou que este movimento poderia ajudar a aumentar o número de aplicações atualmente disponíveis para a plataforma Windows. É sem dúvida um casamento inesperado entre o Windows 11 e o Android!

ATENÇÃO: Windows 11 junta-se ao sistema operativo Android!

Esta novidade chega algum tempo depois. Para permitir o suporte de aplicações para Android no Windows 11, a Microsoft está a utilizar o seu Subsistema Windows para Linux (WSL). Assim, a Microsoft não está a utilizar o suporte do Google Play Services, o que significa que aplicações como a Play Store e o Gmail que dependem da integração dos Google Play Services não vão funcionar. Pelo menos, para já.

Windows 11 Android
Entretanto é também possível aumentar o tamanho da barra de tarefas.

Todas as apps serão descarregadas a partir da redesenhada Windows Store que está incluída no sistema operativo.

De acordo com a Microsoft, estas aplicações alimentam-se da tecnologia Intel Bridge. Assim as aplicações Android no Windows 11 podem ser fixadas na barra de tarefas. As aplicações android também irão suportar a experiência de snapping e vai poder executá-las juntamente com outras apps normais como refere o Windows Latest.

Muitas novidades na loja da Microsoft

Em termos de desempenho e ao nível do número de apps, a Microsoft Store é uma verdadeira confusão no Windows 10. Para além disso falta-lhe muita coisa. A própria Microsoft deixa muitas coisas de fora, incluindo apps como o Microsoft Teams ou o Visual Studio.

Agora a Microsoft está finalmente a trabalhar numa nova loja de apps para o Windows 11. Será totalmente redesenhada e vai contar com novas funções. Na prática vamos ficar a conhecer tudo isto no dia 24 de Junho.

De acordo com as informações anteriores, espera-se que a loja de aplicações do Windows 11 chegue com um novo design, maior desempenho e suporte melhorados para novas políticas de desenvolvimento.

Entretanto deverão chegar à loja aplicações muito populares como o Google Chrome e o Firefox.

Entretanto ao contrário da Google Play Store ou da Apple Store, a Microsoft Store vai permitir que os programadores utilizem o seu próprio sistema de pagamentos para compras dentro da aplicação. Isto é uma grande cartada já que vai dar mais mimo aos programadores do que as outras lojas. De facto, a Microsoft vai precisar de atrair o maior número de developers que conseguir para ter o maior sucesso.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

NVIDIA decidiu aproveitar chips com defeito!

Nos últimos tempos, temos visto uma grande aposta no lançamento de placas RTX 3060 por parte da NVIDIA. Uma placa gráfica muito interessante, capaz...

Processador ‘limitado’? Sim! Mas o iPad mini 6 impressiona!

Muito provavelmente devido à crise de produção atual, a Apple foi obrigada a utilizar diferentes versões do SoC A15 Bionic, nas suas diferentes gamas...

Microsoft confirmou. TPM 2.0 é obrigatório! Até nas máquinas virtuais

O Windows 11 está mesmo prestes a chegar ao mercado, visto que a sua data de lançamento já foi antecipada do 11.11 para o...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!