ATENÇÃO: Windows 11 junta-se ao sistema operativo Android!

Foi no evento de hoje que a Microsoft confirmou que está a estudar formas de trazer aplicações Android para a Microsoft Store no Windows 11. Panos Panay confirmou que este movimento poderia ajudar a aumentar o número de aplicações atualmente disponíveis para a plataforma Windows. É sem dúvida um casamento inesperado entre o Windows 11 e o Android!

ATENÇÃO: Windows 11 junta-se ao sistema operativo Android!

Esta novidade chega algum tempo depois. Para permitir o suporte de aplicações para Android no Windows 11, a Microsoft está a utilizar o seu Subsistema Windows para Linux (WSL). Assim, a Microsoft não está a utilizar o suporte do Google Play Services, o que significa que aplicações como a Play Store e o Gmail que dependem da integração dos Google Play Services não vão funcionar. Pelo menos, para já.

Windows 11 Android
Entretanto é também possível aumentar o tamanho da barra de tarefas.

Todas as apps serão descarregadas a partir da redesenhada Windows Store que está incluída no sistema operativo.

De acordo com a Microsoft, estas aplicações alimentam-se da tecnologia Intel Bridge. Assim as aplicações Android no Windows 11 podem ser fixadas na barra de tarefas. As aplicações android também irão suportar a experiência de snapping e vai poder executá-las juntamente com outras apps normais como refere o Windows Latest.

Muitas novidades na loja da Microsoft

Em termos de desempenho e ao nível do número de apps, a Microsoft Store é uma verdadeira confusão no Windows 10. Para além disso falta-lhe muita coisa. A própria Microsoft deixa muitas coisas de fora, incluindo apps como o Microsoft Teams ou o Visual Studio.

Windows 11 Android

Agora a Microsoft está finalmente a trabalhar numa nova loja de apps para o Windows 11. Será totalmente redesenhada e vai contar com novas funções. Na prática vamos ficar a conhecer tudo isto no dia 24 de Junho.

De acordo com as informações anteriores, espera-se que a loja de aplicações do Windows 11 chegue com um novo design, maior desempenho e suporte melhorados para novas políticas de desenvolvimento.

Entretanto deverão chegar à loja aplicações muito populares como o Google Chrome e o Firefox.

Entretanto ao contrário da Google Play Store ou da Apple Store, a Microsoft Store vai permitir que os programadores utilizem o seu próprio sistema de pagamentos para compras dentro da aplicação. Isto é uma grande cartada já que vai dar mais mimo aos programadores do que as outras lojas. De facto, a Microsoft vai precisar de atrair o maior número de developers que conseguir para ter o maior sucesso.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Pixel Pass: A aposta da Google para conquistar os fãs do iPhone!

A Google está prestes a lançar os seus novos smartphones Pixel, mas ao que tudo indica, uma das grandes novidades não está nos aparelho...

Google Stadia está ainda melhor e com novidades para Android TV

Não podemos dizer que o Google Stadia esteja a ter a maior adesão do mundo. No entanto não percebo muito bem porquê. Funciona realmente...

PS5 Pro: A Sony já está a contratar para a próxima versão da consola

A PlayStation 5 está a ser um sucesso comercial brutal, mesmo tendo em conta as dificuldades de produção que a Sony está a ter,...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!