Windows 10 e 10X? A Microsoft está a perder a corrida?

O Windows 10 é muito provavelmente o último Windows que a Microsoft vai lançar no mercado. Bem… Isto é mais ou menos uma maneira de falar, visto que o SO está em constante evolução.

Afinal de contas, o Windows 10 mais recente é muito diferente do Windows 10 “original” lançado em 2015. Ou seja, muito resumidamente, a Microsoft apenas quer que o Windows 10 seja um SO unificado, e que seja sempre o melhor que a empresa tem para oferecer… Então… Porquê um Windows 10X?

Originalmente, o Windows 10X deveria ser a versão do SO da Microsoft pensada para os aparelhos com dois ecrãs ou aparelhos dobráveis. Afinal de contas, a própria empresa estava a trabalhar em dois aparelhos deste género, que infelizmente acabaram por ser adiados, e apesar da Microsoft não o confirmar, na minha opinião, estão muito provavelmente encostados à beira de serem cancelados.

Contudo, esquecendo estes aparelhos, o que é realmente importante no meio de toda esta confusão, é que se o Windows 10 deve ser um SO unificado que dá para tudo… Qual é a razão para a existência de um Windows 10X?



Windows 10 e 10X? A Microsoft está a perder a corrida?

Windows 10 e

Depois do abandono dos “dobráveis” ou aparelhos com dois ecrãs, a resposta está no Chrome OS, ou melhor, nos super baratos Chromebooks! Portáteis baratíssimos, que não precisam de grandes especificações técnicas para fazer tudo aquilo que a grande maioria dos utilizadores realmente precisa no seu dia-a-dia.

Assim, o Windows 10X é agora a resposta da Microsoft ao Chrome OS, oferecendo uma alternativa mais leve do popular Windows 10.

Mas, por defeito, isto não significa uma derrota para a Microsoft?

Antes de mais nada, este tema abre a porta às famosas teorias de muitos dos utilizadores mais entusiastas do mundo dos PCs.

Afinal de contas, para muito boa gente, a era do PC Windows já terminou, a Microsoft é que ainda não percebeu, ou se percebeu, continua a lutar contra algo inevitável. Porquê?

Hoje em dia, é inegável que cada vez mais, as aplicações móveis e streaming de conteúdo começam a ter um grande impacto no mercado. Aliás, em boa verdade, já quase tudo se faz online! Até o Office pode ser encontrado em WebApps na Internet, e até já temos algumas empresas a apostar no streaming de jogos, como é o caso da Google com o seu Stadia, a NVIDIA com o GeForce Now e até a Microsoft com o seu project xCloud.

Assim, se podemos ter acesso a tudo pela Internet, e cada vez menos é necessário ter um SO super complexo como o Windows… Não quererá isto dizer que a Microsoft está lentamente a perder a corrida?

Claro que a Microsoft continua a ter muito poder junto das OEMs, juntado o Windows à grande maioria dos computadores pré-feitos e portáteis vendidos no mercado. O que lhe permite manter o seu mercado estável.

No entanto, começa a ser inegável que as coisas começam a mudar. Mas isto é mais um artigo de opinião que outra coisa qualquer.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Leia também

pub