Bronca: se não partilhar os seus dados vai ficar sem WhatsApp!

Não é segredo para ninguém que o WhatsApp pertence ao Facebook. Isto tornou-se oficial em 2014. No entanto, isto não significa que saibamos tudo. Assim, recentemente foi feita uma alteração à política de privacidade que obriga o WhatsApp a partilhar obrigatoriamente os seus dados com o Facebook. Se utiliza esta aplicação eventualmente já lhe apareceu um pop-up com os termos de privacidade atualizados (ou vai aparecer). Os novos termos são de 4 de Janeiro de 2021 e são exatamente estes que obrigam à partilha de dados.

Bronca: se não partilhar os seus dados vai ficar sem WhatsApp!

A questão é que tem de os aceitar até ao dia 8 de Fevereiro de 2021. Caso não o faça, perde o acesso ao WhatsApp.

As novas regras descrevem três pontos importantes: O serviço WhatsApp e o processamento de dados; As empresas podem usar os serviços do Facebook para armazenarem as conversas do WhatsApp; Parcerias com outros produtos do Facebook.

WhatsApp dados

Resumidamente, neste último update, acaba-se a possibilidade de impedirmos a partilha de dados com o Facebook e subsidiárias. Assim são muitas as empresas com que podemos acabar a partilhar os nossos dados. Mais especificamente, Facebook Payments Inc., Facebook Payments International Limited., Onavo, Facebook Technologies LLC e CrowdTangle.

Vamos agora ver quais as nossas informações que poderão ser partilhadas com estas empresas.

Dados da conta, por exemplo, o número de telefone. Dados das transações, informações relacionadas com serviços, formas como interagimos com outras pessoas, informações do smartphone, endereço de IP e ainda mais algumas coisas.

WhatsApp dados

Para além disso ainda podem ser partilhadas informações relacionadas com a nossa localização. Entretanto o WhatsApp afirma que mesmo que não tenhamos o GPS ativado, poderão usar o número de telefone e o endereço de IP para determinarem onde estamos.

E quem não concordar com isto? O WhatsApp foi muito direto a responder. Quem não concordar com isto pode ir ao Centro de Suporte online para ver informações como apagar a conta!

Será impressão minha ou o Telegram vai ganhar muitos utilizadores?

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também

pub