WannaCry no Linux. Parece mentira mas não é. Porém esta ameaça não chega a este sistema de uma forma qualquer. Na realidade é um facto quase irónico que a única aplicação de Linux que liga este sistema operativo ao Windows, o wine, permita que todo o sistema seja afectado.

O wine, caso não estejam familiarizados com este nome, é uma aplicação que executa programas Windows no sistema operativo Linux e permite usar o MS Office,  Adobe Photoshop,  World of Warcraft entre muitos outros.

Ora pensando que o que corre umas coisas, também pode correr outras, um utilizador de Linux Brasileiro de seu nome João Marcelo descarregou o WannaCry e provou que de facto é possível que um sistema Linux fique totalmente afectado por esta ameaça.

Todos os ficheiros do sistema operativo Linux ficaram com a extensão “.wncry” , o processador disparou , e o PC ficou com o papel de parede preto tal como mostra a imagem abaixo:

WannaCry no Linux

Os ficheiros ficaram todos afectados apesar de a infecção ter como ponto de entrada o wine:

E quando se tenta abrir um ficheiro:

Agradecimentos ao João Marcelo que fez esta experiência para demonstrar a todos os utilizadores de linux este risco de segurança.

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.