Volkswagen T-Roc o SUV que é metade Português

87401
0
Share:

Houve bastante expectativa envolta deste SUV, e não é para menos, o Volkswagen T-Roc é construído nas instalações da Autoeuropa, que o fabricante possui em Palmela.

A marca alemã quer mexer com o segmento compacto, no qual irá combater diretamente com propostas como o Audi Q2, SEAT Arona, Nissan Juke, Peugeot 2008, Renault Captur, Hyundai Kauai ou Kia Stonic, apenas alguns dos seus rivais. O T-Roc junta-se assim à família SUV da marca, que contava já com o Tiguan e Touareg.

Este SUV tem 4,234 metros de comprimento, fazendo dele 252 mm mais curto do que o seu irmão Tiguan, o que não o impede de oferecer uma distância entre eixos bastante generosa, para este segmento, com 2,603 metros a separar o eixo da frente do traseiro.

Apesar das suas dimensões a bagageira é bem generosa, e segundo a marca germânica, a maior do segmento, com 445 litros, e se mesmo assim precisar de mais espaço pode ir até aos 1.290 litros com o rebatimento dos assentos traseiros.

Exterior:

Este é sem duvida um automóvel da marca Volkswagen, pois contem as linhas tradicionais que são características bem assentes em todas as gamas, mas apostando também na personalização e dando um toque de juventude.

Na dianteira, a grelha e os faróis fundem-se na horizontal, enquanto as luzes diurnas retangulares estão situadas no para-choques. De salientar ainda a sua coupé que lhe oferece um estilo interessante.

Interior:

No interior é onde se pode notar as maiores diferenças deste T-Roc para os restante veículos da marca. Não será difícil de visualizar o painel de instrumentos tendo este um ecrã digital com 29,7 cm, e para o apoio na navegação e entretenimento das suas viagens com um segundo ecrã de 16,5 ou 20,3 cm, consoante as versões. Para que a musica seja perceptível podem contar com um sistema de som com 300 watt e oito canais.

Motor:

A versão mais baixa, a gasolina, do T-Roc vai estar equipada com o motor 1.0 TSI de 115 cv, com uma caixa de seis velocidades e tração dianteira. Uma segunda versão mais potente conta com um motor 1.5 TSI, e com 150 cv, que dá a opção de tração integral 4Motion, para última fica reservada a versão de 2.0 TSI de 190 cv, sedo esta exclusivamente de tração integral 4Motion.

Para as versões a gasóleo teremos um motor 1.6 TDI de 115 cv, em segundo o 2.0 TDI de 150 cv e, por fim, o 2.0 TDI de 190 cv.

Para os mais exigentes o T-Roc apresenta duas linhas de equipamento mais completas, a ‘Sport’ e a ‘Style’, alem da linha base, com a Volkswagen a procurar simplificar as suas gamas de equipamentos.

Este T-Roc, que é metade portugês, estará à venda no nosso país a partir de Novembro, como no resto da Europa, o seu preço rondará os 25.000€.

Share:
Rodolfo Januário

Dê a sua opinião