Vodafone Portugal já disponibiliza roaming 4G em 100 países

Depois de ter sido o primeiro operador de telecomunicações nacional a eliminar as tarifas de roaming sobre as chamadas telefónicas, mensagens de texto e utilização de dados realizados na Europa, a Vodafone Portugal volta a destacar-se ao tornar-se o primeiro operador  em Portugal a disponibilizar aos seus Clientes roaming LTE (4G) em 100 destinos. Um feito que coloca a Vodafone Portugal num grupo muito restrito de operadores a nível mundial.

Os Clientes Vodafone podem, assim, usufruir deste serviço nos cinco continentes, em países como Reino Unido, Andorra, França, Estados Unidos da América, Brasil, Argentina, México, África do Sul, Tanzânia, China, Tailândia, Camboja, Japão e Austrália, entre tantos outros.

A conquista foi alcançada dois anos e meio depois do primeiro acordo de roaming em 4G ter sido celebrado, na altura com a Vodafone UK. Atualmente, a Vodafone Portugal estabelece parceiras com 140 operadores/redes diferentes, de forma a satisfazer as necessidades dos Clientes que todos os anos viajam para fora do País.

A utilização de dados móveis em roaming é cada vez mais uma tendência e, na Vodafone Portugal, o tráfego total de dados em roaming 4G já abrange 35% dos Clientes. Estas parcerias vêm, assim, reforçar e melhorar a experiência de utilização móvel além fronteiras, garantindo ainda que os Clientes conseguem tirar o máximo partido das suas deslocações ao estrangeiro em termos de comunicações.

Recorde-se que para além de beneficiarem de roaming em 4G, os Clientes Vodafone podem usufruir de comunicações na Europa incluídas, sem custos extra, nos principais planos nacionais.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Patricia Fonseca
Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Leia também