Grande função acaba nas versões antigas do Chrome!

Se ainda está a utilizar versões antigas do Chrome então tenha muita atenção. É verdade que podem continuar a funcionar como sempre e sem dar problemas. No entanto, se utiliza algumas funções como a sincronização entre todos os dispositivos, pode acabar por as perder. Vamos então olhar para as versões afetadas.

Grande função acaba nas versões antigas do Chrome!

Foi nos fóruns oficiais que a Google anunciou que com o lançamento da versão estável do Chrome 96, vai deixar de suportar a sincronização com a versão 48 ou anterior. Embora isto possa parecer um não problema, há muitas pessoas que continuam a apostar nelas em computadores mais antigos. É que no caso do Windows XP só é possível instalar o Chrome até à versão Chrome 49. Apenas para se situar o Chrome 48 foi lançado em 2016, ou seja, há cinco anos.

versões antigas do Chrome

Entretanto o mundo online mudou muito desde essa altura. 

Ainda temos algumas semanas até que o Chrome 96 chegue aos computadores de todos. Ou seja, a altura em que a sincronização acaba. No entanto, se está numa versão antiga e tem a possibilidade de fazer o upgrade então recomendamos que o faça já.

Mas também é preciso dar atenção às versões novas do Chrome

A Google lançou o Chrome 95.0.4638.69 para Windows, Mac e Linux para corrigir duas falhas zero day. Há muitos ataques em curso! De facto, a Google está consciente disto e como tal apela a que atualize agora mesmo o Chrome para a nova versão agora mesmo.

Atenção! Google apela a que atualize o seu Chrome agora mesmo!

É verdade que a nova versão pode demorar algum tempo a chegar a todos. No entanto, o Chrome 95.0.4638.69 já chegou a utilizadores em todo o mundo no canal Stable Desktop.

Para instalar a atualização do Chrome imediatamente, vá ao menu Do Chrome > Acerca do Google Chrome, e o browser realiza a atualização.

Google atualize Chrome

Para já não há muito mais pormenores acerca destes ataques. No entanto sabe-se que as duas falhas são muito graves! Entretanto os investigadores não revelaram a forma de aproveitamento. Seja como for deverá saber-se em breve.

Uma vez que estas duas falhas estão a ser muito utilizadas em ataques, sugere-se que todos os utilizadores do Chrome realizem uma atualização manual ou reiniciem o browser para instalarem a versão mais recente.

Contando com estas correções, lembro que a Google corrigiu 15 vulnerabilidades desde o início de 2021.

Uma vez que a Google está agora a lançar atualizações do Chrome para corrigir falhas zero day no imediato, não bloqueie por nada estes updates.

Ainda não utiliza o Chrome 95 no Android? Devia!

A Google introduziu o design Material You em Agosto. No entanto era necessário ativarmos algumas flags para termos direito a este design. Agora e para quem está no Android 12 ele já está ativado por defeito.

Chrome 95

Mas também existem mais destaques ao nível dos pagamentos que estão agora mais seguros. Por exemplo, a Google adicionou uma nova extensão, o WebAuthn, que as instituições bancárias podem utilizar para autenticar os pedidos feitos pelos comerciantes na fase de checkout.

O objetivo é criar-se uma experiência de autenticação consistente para garantir a segurança dos utilizadores durante todo o processo de compra. Aliás isto deverá ser um requisito para muitas aquisições na União Europeia.

A outra novidade diz mais respeito aos programadores. Isto porque vai permitir fornecer a aplicações web um sistema eficaz de escolha de cores. Ou seja, para nós, utilizadores finais não tem muito interesse. Pelo menos, enquanto não tivermos de escolher cores numa app.

Siga a Leak no Google Notícias e não perca todas as informações mais importantes.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.

Artigos relacionados