Vendas de discos em Vinil e CD superam downloads digitais

Quem estava cheio de pena pela diminuição das vendas dos CDs e Vinil, talvez deva repensar essa questão. É que segundo um novo relatório que analisa a indústria da música, estes formatos dão mais dinheiro às editoras norte-americanas do que os downloads digitas. Isto pelo menos, olhando para os valores do ano passado.

De facto são boas notícias que provam que os formatos mais tradicionais como o vinil estão bem vivos entre os consumidores. 

Vinil

O relatório anual da RIAA, que é como quem diz a Associação da Indústria Discográfica Americana, revela que as receitas da música em 2018 no que diz respeito aos formatos tradicionais atingiram os níveis mais altos dos últimos dez anos. Ou seja, 12%. Isto traduz-se em ganhos de 9.8 mil milhões de dólares.

Entretanto os formatos digitais, que incluem a música disponibilizada no iTunes, atingiu igualmente valores altos, mas 1% menos. Ou seja, 11%. Lembramos que os CDs e Vinil deram lucros de 12%.

Vinil

Já 75% dos lucros do ano passado pertencem a serviços de streaming de música como o Spotify e o Apple Music. Neste campo, o total das subscrições aumentou 32%. Isto representa um aumento de 5.4 mil milhões.

Também incluídos neste campo estão as subscrições limitadas de serviços menos conhecidos por cá. São exemplo disso, o Pandora Plus e Amazon Prime, que deram origem a 26% do lucro, ou seja, 747.1 milhões de dólares. Já os serviços baseados em publicidade como o YouTube são responsáveis por 15% do lucro, ou seja, 759 milhões de dólares.

Vinil

Em 2015, os downloads digitais e os serviços de streaming tinham uma quota de mercado quase igual, com cerca de 34% do mercado. No entanto, nos últimos 4 anos os serviços de streaming têm sido o método preferido das pessoas ouvirem música.

Entretanto, os downloads digitais caíram 26% para 1.15 mil milhões de dólares. Já os formatos físicos passaram para 23%. Apesar do decréscimo nas vendas físicas há mais pessoas a apaixonarem-se pelo vinil.

Entretanto o que preferem? Spotify, Youtube? Ou os formatos mais tradicionais?

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Spotify: nova versão está a dar cabo da bateria do iPhone!

O Spotify é sem dúvida uma das aplicações mais utilizadas em todo o mundo para se ouvir música. Isto tanto no sistema operativo Android...

Galaxy S22: o grande upgrade nas câmaras não vai acontecer!

Já há vários meses que têm surgido na Internet rumores sobre o Galaxy S22 e isto não é uma surpresa. As pessoas querem sempre...

Semana brutal na Netflix! Viu os projetos que vão chegar?

De semana a semana, vamos recebendo novos projetos verdadeiramente brutais. Sendo que tal como na semana passada, também nesta teremos direito não só a...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!