Vai instalar o novo update do Windows? Diga adeus à impressora!


Por em

A Microsoft lançou recentemente um novo update do Windows que consiste numa correção para uma falha zero-day que afetava o Internet Explorer no sistema operativo Windows. Até aqui tudo bem. No entanto, a correção parece ter estragado mais do que corrigiu. É que também criou problemas no sistema da Microsoft.

Vai instalar o novo update do Windows? Diga adeus à impressora!

Anteriormente, a Microsoft já tinha confirmado que uma falha de segurança afetou o Internet Explorer em todas as versões suportadas do Windows. Disso também que uma correção seria lançada no patch de 11 de fevereiro, ou seja, terça-feira. Mas até a chegada do patch, a gigante da tecnologia forneceu aos utilizadores afetados com esta falha um método para proteger os seus computadores. Na prática, era restringido o acesso ao ficheiro JScript.dll.

novo update do Windows

Infelizmente, essa correção aparentemente interrompeu a impressão do Windows e a única forma de corrigir isto é desfazer o método fornecido pela Microsoft para corrigir a vulnerabilidade. De acordo com vários relatos de utilizadores em fóruns online e Reddit, o bug da impressora afeta equipamentos de qualquer marca e tipo.

Agora coloca-se aqui uma escolha difícil. Imprimir ou estar mais protegido?

A Microsoft afirmou que os utilizadores afetados pela mais recente falha de segurança estão em “risco elevado” e são mais suscetíveis a ataques. Para além disso, se o método que referimos anteriormente não for aplicado, os computadores afetados estarão vulneráveis ​​a utilizadores mal intencionados. De facto, o Comunicado de Segurança da Microsoft revelou que um invasor já está a explorar essa vulnerabilidade, o que permite que ele assuma o controlo de um sistema, direcionando os utilizadores para um site especialmente desenvolvido para o efeito.

O bug é capaz de corromper a memória de uma forma que permite que um invasor obtenha acesso para “executar código arbitrário”. Ou seja, o PC de um utilizador pode estar vulnerável a um ataque baseado na Web, onde um invasor pode alojar um site especial criado para explorar a vulnerabilidade através do Internet Explorer e fazer com que outros utilizadores visitem este site graças a um email que é enviado.

Fonte

Leia também

Ou veja mais notícias de Featured, Windows

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Pára tudo! Afinal o Android 10 vai chegar ao Galaxy S8 e Note 8?

Jogadores do NBA 2K prestaram a sua homenagem a Kobe Bryant!

Seguinte