Utilizadores estão a preferir versões antigas do Windows 10!

Parece que muito lentamente começamos a ver o mesmo efeito de fragmentação que podemos ver no mundo Android. Ao fim ao cabo, apesar das atualizações para o Windows 10 estarem disponíveis para todos, os utilizadores preferem ficar quietinhos nas versões mais antigas… Aliás, há quem esteja a voltar para trás!

Utilizadores estão a preferir versões antigas do Windows 10!

Windows 10

Portanto, o Windows 10 já foi lançado há 5 anos, e até já se encontra instalado em 1000 milhões de aparelhos em todo o mundo. O que claro está, significa que existem muitas e diferentes versões deste sistema operativo.

Dito isto, num mercado normal, os utilizadores deveriam de atualizar as suas máquinas pelo menos 1 vez por mês, para meter o software na sua versão mais recente. Contudo, segundo dados da AdDuplex, parece que esta tendência inverteu… Temos agora mais utilizadores a voltar para versões antigas do W10, em vez de atualizarem para a versão mais recente.



Assim, apesar da atualização de Novembro de 2019 até estar em crescimento, ao contar com uma quota de mercado de 28,2% (uma subida significativa em relação aos 22,6% do último relatório.) Parece que outras versões também ganharam mais quota de mercado, o que é realmente um pouco estranho.

A AdDuplex explica que pode ser tudo devido ao facto de vários utilizadores terem sido mandados para casa para se auto-isolarem, o que levou ao regresso de várias máquinas antigas que aparentemente não eram ligadas ou conectadas à Internet há algum tempo. Contudo, também não ficaria surpreso ao saber que alguns utilizadores preferem versões mais antigas e mais ‘bug free’ do Windows 10.

Basta olhar para todos os problemas que as últimas atualizações cumulativas têm trazido para as máquinas dos consumidores, para chegar à conclusão que a confiança na Microsoft está em nível historicamente baixos.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário