Uniformes inteligentes controlam a vida dos alunos chineses


Por em

Há notícias que são no mínimo estranhas, ou pelo menos, fora do vulgar. Esta informação chega-nos da China e fala de centenas de estudantes que estão a ser seguidos atentamente pelas instituições de ensino. São pelo menos dez as escolas na província de Guizhan e na região de Guangxi Zhuang que adotaram os chamados uniformes inteligentes. Se são inteligentes não sei. No entanto, o que sabemos é que têm sistemas de rastreio nos ombros que acompanham a localização dos alunos 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Mas afinal o que faz este uniforme inteligente?

Bem, se um estudante tentar sair da escola durante o período de aulas, um alarme dispara. Se um aluno sair sem o uniforme o alarme dispara também. É que as escolas também têm sistemas de reconhecimento facial. Se o estudante não for a escola, o alarme dispara também e os pais serão contactados. O uniforme até consegue detetar se um aluno adormece na aula – e adivinharam – também dispara um alarme.

Agora quase ninguém falta às aulas

É escusado dizer que os responsáveis da escola e os pais têm um acesso contínuo à localização do aluno. No entanto, numa entrevista ao jornal Global Times, um diretor de uma das escolas, afirmou que optaram por não vigiar a localização dos alunos depois da escola. Para além disso, referiu também que as faltas às aulas diminuíram drasticamente desde o lançamento do uniforme.

Um uniforme avançado e igualmente resistente

Segundo os responsáveis pelo desenvolvimento deste uniforme, ele pode ser lavado mais de 500 vezes e resiste a temperaturas superiores aos 150 graus. Para além disso, podem também ser utilizados para pagamentos dentro de escola. Claro que os pais e a escola podem acompanhar tudo o que os estudantes compram.

Alguma contestação acerca da ética destes dispositivos

No Weibo, a versão chinesa do Twitter ou até do Facebook, os estudantes e as pessoas em geral têm questionado a ética destes dispositivos.

Em primeiro lugar, uns perguntam se não é uma violação dos direitos humanos. Outros referem que esta moda pode pegar. Assim, os sistemas de acompanhamento podem chegar a todas as peças de vestuário utilizadas pelos civis.

Resta agora sabermos a quantas mais escolas este sistema será alargado e se não irá levantar outras questões no futuro.

O que acham destes uniformes? Acham que a moda vai pegar?

Leia também

Ou veja mais notícias de Especiais

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Etiquetas
Anterior

Open Beta: Melhorias no ecrã e apps chegam ao OnePlus 6 e 6T

iPhone: Depois das redes móveis, Wi-Fi deixa de funcionar!

Seguinte