Unboxing: Hisense H11 Infinity Lite


Por em

A Hisense quer ser uma marca líder em todo o mundo e uma prova disso são os 16 centros de produção e os 11 centros de I&D espalhados por todo o globo. Depois de uma entrada gradual em Portugal, esta marca já começa a estar nas bocas do mundo, fruto de um bom marketing e comunicação em território nacional.

De facto a Hisense está a fazer um caminho muito interessante e que de algum modo nos faz lembrar a Huawei. Começou pelo segmento de gama baixa e média para conquistar pouco-a-pouco os consumidores e foi melhorando recorrentemente as especificações até chegar aos indiscutíveis topo-de-gama.

Foi no Mobile World Congress que a HiSense apresentou ao mundo a linha Infinity H11 e eis que agora já recebemos o H11 Infinity Lite para teste.

O H11 Lite vem com um ecrã de 5.99 polegadas que disponibiliza uma resolução de 1440×720 pixéis. Em oposição à versão standard que vem com um processador octa-core Snapdragon 430, este aposta num quad-core mas que ainda assim continua a ter o poder de processamento necessário para executarem à vontade a grande maioria das tarefas.

Leia também:

HISENSE INFINITY H11 PRO CHEGA AO MWC COM 4GB DE MEMÓRIA

O Lite também se reflete na capacidade de armazenamento que passa dos 32 para os 16GB e na memória que é 2 GB (ao invés de 3 na versão standard).

As outras especificações dão conta de uma câmara traseira de 13 megapixéis e uma frontal de 8. Tudo é alimentado por uma bateria de 3.400 mAh.

Vamos às imagens do unboxing:

Hisense H11 Infinity Lite

Nada foi esquecido neste dispositivo. Dentro da caixa está o equipamento, o carregador, cabo e os auriculares. Para que o utilizador possa proteger com eficácia o equipamento, mal o tira da caixa, a Hisense lembrou-se de incluir a película e a uma capa transparente para proteção.

Na parte traseira destaca-se sobretudo a câmara principal com um sensor de 13 megapixéis e flash LED e ainda o sensor de impressões digitais.

Na parte inferior deste dispositivo encontramos apenas o microfone e a porta microUSB para carregamento.

Depois de tirarmos este dispositivo da caixa e o manusearmos destacou-se de imediato o design muito interessante com molduras reduzidas e ainda a construção robusta.

Este é um equipamento que assenta muito bem na mão e que parece ser mais um gama média do que entrada de gama.

Esperem pela nossa análise muito em breve.

Leia também

Ou veja mais notícias de Especiais

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

PUBG Ransomware: Jogue se quer recuperar os ficheiros!

Adeus Vinil tradicional: Vem aí o vinil de alta-definição!

Seguinte